Cão-lobo largado em abrigo para morrer é salvo por outro abrigo protetor de animais

Yuki, um cão-lobo, teve um começo difícil de vida. Ele nasceu em 2008 de um criador e logo passou a morar com seu primeiro dono. O dono manteve Yuki até os oito meses de idade, mas depois decidiu que o cachorro dava "muito trabalho". O dono de Yuki jogou o cachorro em um abrigo para sacrificá-lo.

Felizmente, uma outra organização de resgate interveio para ajudar Yuki em Naples, Flórida, nos Estados Unidos.

A organização de resgate salvou Yuki do abrigo e levou-o ao seu santuário, um lugar onde ele tinha muito espaço para correr e brincar. Quando fizeram um teste de DNA, ficaram surpresos ao ver quanto de seu DNA era lobo.

"Seu teste de DNA veio como 87,5% de Gray Wolf, 8,6% de Husky Siberiano e 3,9% de Pastor Alemão", disse Brittany Allen, membro do abrigo que o salvou.

O cão cresceu e seu tamanho chamava muito a atenção de todos. Em fevereiro de 2019 uma funcionária do abrigo tirou uma foto do gigante lobo sentado em seu colo.

O santuário explicou que Yuki, de 11 anos, é um lobisomem tímido que tem certas pessoas em quem ele confia. Ele gosta particularmente das voluntárias do santuário.

“Yuki é um daqueles animais que ele deixa você saber se ele quer você em seu recinto ou não. Ele tem um grupo muito pequeno de mulheres que ele permite em seu recinto chamado de "harém", explicou a voluntária da Shy Wolf Sanctuary, Judy.

O voluntário do Santuário Jeremy Albrecht disse que eles apelidaram Yuki de 'Woowoo' porque esse é o barulho que ele faz quando vê algum de seus voluntários favoritos! É a maneira dele de dizer aos voluntários que ele quer sair com eles.

Infelizmente, o santuário descobriu em 2018 que Yuki tem câncer terminal. O santuário está dando a ele todo o cuidado médico e amor que ele precisa. Yuki passará o resto de sua vida em seu santuário, passando tempo com suas pessoas favoritas.

Comentários