Cão chega ao final de maratona extremamente difícil no deserto e conquista a todos

Um cão apelidado de "Cactus" correu por mais de 100 milhas para se tornar o herói improvável de uma das corridas mais difíceis do mundo.

O competidor de quatro patas se juntou à notória Marathon des Sables durante a segunda etapa da viagem de 140,7 milhas pelo deserto do Saara, no Marrocos.

Ele rapidamente emergiu como o favorito , terminando a terceira etapa em apenas quatro horas e 30 minutos para reivindicar o 52º lugar em cerca de 800.

Cactus também desafiou as previsões de que ele voltaria para casa mais cedo, completando o quarto e mais longo estágio - alguns deles em uma tempestade de areia.

Na quinta e última etapa, o corredor obstinado recebeu um número oficial "000" e um dispositivo de rastreamento para que o público pudesse acompanhar seu progresso. Ele até tinha sua própria hashtag no Twitter .

Cactus finalmente cruzou a linha de chegada na sexta-feira para receber aplausos, aplausos e uma medalha oficial dos organizadores.

A concorrente Susie Chan, que filmou a chegada do cão, disse: “É o cachorro! Inacreditável."

Cactus, falando através do Twitter, comemorou o final da corrida dizendo: “Tão feliz por estar correndo com tantas pessoas adoráveis. Boa sorte para todos que ainda estão fazendo sua corrida e lembre-se de que tudo é possível".

Embora dado o nome Cactus pelos outros corredores, seu nome real - de acordo com seu perfil no Twitter - é Mauricio Odio Truque Diggedy.

Fonte: The Independet

Nathália Sant'Ana

23 anos redatora freelance. Premiada em 2015 na faculdade com o melhor planejamento de mídia e 2016 com o melhor TCC da sala, os projetos de redação vieram com o tempo. Passou pelos site "Bolsa de Viagem", "Transportal Turismo", "Portal Marketing" entre outros sendo redatora web. Amante de filmes e séries, feminista e militante,  escuta um bom rock clássico nas horas vagas enquanto escreve crônicas e textos para o blog "Entre Linhas". A procura do sucesso!

Comentários