Equipamento impressionante criado por fonoaudióloga ajuda cão a se comunicar (veja o vídeo)

Sabemos que os cachorros são animais inteligentes e bastante comunicativos, mas o que eles estão tentando nos dizer exatamente?

A fonoaudióloga Christina Hunger, que tem uma cadelinha de 18 meses, quer ter uma resposta para essa pergunta.

Ela já sabe que sua cachorrinha Stella consegue, literalmente, falar com ela – como por exemplo, quando se sente cansada depois de brincar e precisa tirar uma soneca, ou quando, ao invés de querer brincar num dado momento, ela prefere comer ou passear pela casa ou pelo parque.

Tudo isso é possível através do uso de um dispositivo criado pela fonoaudióloga de 26 anos para ajudar Stella a se comunicar não apenas por palavras e frases, como também pensamentos e sentimentos.

Quando a cadelinha quer “conversar”, ela pisa nos botões correspondentes às palavras que Hunger gravou e programou no dispositivo.

E Stella já está colocando suas habilidades ‘linguísticas’ em ação. Certo dia, a cadelinha estava chorando na porta de casa e começou a andar de um lado para o outro.

Hunger supôs que ela precisava ir na rua. Stella então caminhou até o dispositivo e pressionou: “Quero”, “Jake” e “Venha”. Em seguida, ficou esperando o noivo de Hunger, Jake, aparecer para sair com ela.

“Fiquei em choque naquele momento. Ela é muito astuta,”, disse Hunger à revista People. “A cada dia ela diz algo ainda mais legal do que disse no dia anterior.”

Um dos vídeos postados por Hunger:

“A maneira como ela usa as palavras para se comunicar e as palavras que ela combina são realmente semelhantes a de uma criança de 2 anos”, complementou.

Hunger adora tentar prever os pensamentos de Stella e a cadela parece satisfeita em partilhar eles com sua dona. Quando ela aprendeu a comunicar a palavra “andar”, começou a usá-la repetidamente.

“Eu não fazia ideia do quanto ela estava esperando para dizer isso”, brinca Hunger.

Um outro vídeo postado por Hunger (esse mais incrível ainda):

Outra palavra favorita dela é “praia”. “Ela adora dizer ‘praia’. Ela ficou tão feliz em aprender que ainda ‘diz’ isso com muita frequência.”

Hunger planeja continuar ensinando novas palavras a Stella e quer ensinar outros cães a “falar” também. “Eu penso no quanto os cães são importantes para os humanos”, diz Hunger. “Eu apenas imagino o quão mais profundo o vínculo entre pet e dono se tornará.”

Fonte: >Bored Panda

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários