Policial salva e adota cão que vivia sob extremos maus-tratos e vira ativista da causa animal

Um oficial da Polícia de Nova York que estava em serviço durante uma fria manhã de inverno se deparou com um cachorro acorrentado em uma cerca.

Estava chovendo e o cãozinho tremia muito.

Michael Pascale arrebentou as correntes e o tirou dali.

O policial levou o cachorro para sua própria casa, onde lhe lavou, lhe alimentou e saciou sua sede.

A química entre os dois se provou tão forte que Michael decidiu adotá-lo, batizando-o de Joey.

Sensibilizado pela crueldade e indiferença a que Joey foi submetido naquele dia, o oficial de polícia passou a defender a causa animal, se tornando um ativista.

Ele espera que a história de seu cão possa se tornar um exemplo para todos na maneira como tratam seus animais de estimação. “Eles jamais devem passar por situações como aquela. Os cães merecem respeito”, concluiu Michael.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: I Love Dogs and Puppies

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários