Morador salva cadela e seus 'bebezinhos' abandonados, famintos e com muito frio

Uma cachorrinha foi encontrada covardemente abandonada e acorrentada em um portão com seus 6 filhotes recém-nascidos em Elphin, na Irlanda.

As imagens feitas por moradores da comunidade mostram a mamãe de dois anos bastante receosa e preocupada em defender sua ninhada, enquanto permanece acorrentada no portão.

Ao ver a cena, um rapaz a libertou das correntes e convocou a ONG Sociedade Irlandesa para a Prevenção da Crueldade contra Animais (ISPCA) para provê-la abrigo. Também chamou a polícia para denunciar seus donos.

Os cães estavam com frio e bastantes famintos quando foram resgatados e posteriormente transportados para o Centro Nacional de Animais da ISPCA, em Longford para avaliação veterinária urgente. Felizmente, eles não pareciam ter problemas graves de saúde.

Não se sabe quanto tempo o cachorro e seus filhotes ficaram sozinhos naquele lugar.

Os cães – que foram encontrados na última terça-feira (12) – agora estão sendo monitorados de perto pelos cuidados da ISPCA.

Hugh O’Toole, gerente do centro da ISPCA, condenou as ações da pessoa horrível que os abandonou.

Ele afirmou: “Deixar uma cachorra de apenas dois anos de idade amarrada sem água, comida ou abrigo, definitivamente coloca o animal e seus filhotes em risco de vida. É um completo absurdo”

“Eu não entendo como alguém possa deixar um cachorro amarrado a um portão para cuidar de seus filhotes. Com o recente nível de chuva e tempo frio desta semana, o resultado poderia ter sido muito diferente e estou feliz, pois fomos alertados a tempo para podermos ajudá-los.”

A cachorrinha agora recebeu o nome de Emmy Lou, enquanto seus filhotes receberam os nomes de Billy Ray, Dixie, Dolly, Dotty, June e Patsy. Todos permanecerão sob os cuidados do ISPCA até o Ano Novo, quando o centro procurará família para cada um deles.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Irish Times

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários