Vida de senhor de 104 anos de idade é transformada após adoção de cachorro idoso

O simpático senhor chamado Milt Lessner, 104 anos, perdeu a esposa há vários anos. E seus cachorros também. Milt é um psiquiatra aposentado que desfrutou da companhia de cães a vida inteira, ele tentou adotar um cachorro, mas depois de ser rejeitado por várias organizações que não queriam doar um peludinho para um homem na sua idade, ele encontrou, então, o pessoal do Lionel's Legacy em San Diego, Estados Unidos.

Essa instituição é especializada em adoção de cães veteranos (os idosos), e eles providenciaram uma cachorrinha para Lessner “criar”. Afetuosa e temperamental, a pequena raça mista veio para fazer companhia à vida de Milt quando ele trouxe-a para sua casa em novembro de 2016. "Em pouco tempo, fomos bastante amigáveis um com o outro", disse ele à BBC. “Ela é muito conciliatória e muito agradável. Estamos tentando nos manter saudáveis, nós dois. Até agora, nós conseguimos e ainda estamos vivos.” - brincou.

O senhor Lessner costumava trazer cães para o seu escritório durante os seus anos de trabalho. Eles ajudaram seus pacientes a relaxar. Ele diz que Layla é uma companheira maravilhosa - treinada em casa, amistosa e madura. “Não consigo pensar em nada melhor”, diz ele. Layla, que foi encontrada perdida, teve uma desagradável infecção uterina chamada piometra após o resgate. Depois que um veterinário salvou sua vida, ela foi para o Lionel's Legacy. Laura Oliver, fundadora da instituição de caridade, diz que é recompensador ter escolhido uma combinação perfeita para Milt. “Posso dizer que ambos estão apaixonados.”

Milt e sua cachorrinha Lancy
Milt e sua cachorrinha Lancy
Milt não tem certeza se os cães são a chave para a longevidade, mas até agora tem funcionado para ele! Foto: Dona Tracy


Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Aqueça o coração