Ideia mais que fofa: sócios do ramo de café criam espaço para adoção do pets em seu estabelecimento

A cafeteria The Doger Cafe, em Madri, foi além da venda de pães, quitandas e bolos e decidiu montar um espaço para adoção de cães abandonados aos seus clientes.

Os consumidores são convidados a entrarem no espaço e interagirem com os filhotes, podendo facilmente adotá-los em seguida, já que os documentos para adoção estão sempre à disposição.

O proprietário da cafeteria, Roberto López Alaez, explica que a ideia de expandir as atividades do estabelecimento surgiu após ele e o sócio criarem uma plataforma digital para cumprir todas as necessidades que um cãozinho poderia ter.

Ao apresentarem a plataforma às entidades de proteção e abrigo dos animais, eles perceberam que o trabalho dessas entidades deveria ser o ponto central do negócio.

“Percebemos que eles precisavam de uma comunicação muito forte. Que precisavam de mais visibilidade. E o que queríamos for dar uma oxigenada no modelo e dar a ele uma postura mais acolhedora, de forma que as pessoas se interessassem pela adoção”, explica Roberto.

A partir daí, a iniciativa da plataforma digital foi complementada com o espaço físico que os dois sócios gerenciam.

Quando entramos na cafeteria, aparentemente ela parecer ser apenas um lugar comum. No entanto, basta andar um pouco para perceber que aqui quem manda são os cães. À direita, ficam os alimentos e acessórios deles; ao fundo, um espaço de banho e tosa. E nos entremeios, mesas e espaços para os clientes tomarem café.

“Nossa missão principal é contribuir com a nossa parte para reduzir o abandono”, afirma Roberto, enquanto não tira os olhos dos cães e pede para alguns clientes que usem desinfetante para as mãos antes de acariciar os bichinhos.”

“Também temos como objetivo criar uma comunidade para estar todos em contato: associações de proteção, passeadores, cuidadores, adestradores etc”.

A cafeteria abriu recentemente e está sendo aperfeiçoada, mas a ideia dos sócios é ambiciosa: “Também queremos oferecer conversas para conscientização, informação e formação de opinião para que diminua o abandono. Também queremos mostrar a vantagem que os animais nos dão com diversos tipos de terapias”.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Planeta dos Animais

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários