Golpe: Morador de Guarujá compra cão pela internet, paga mais de mil reais e não recebe o animal

em Notícias

Um homem de 44 anos, morador de Guarujá, no litoral de São Paulo, foi vítima de um golpe de estelionato ao tentar comprar um cachorro pela internet. Segundo informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) nesta quarta-feira (21), a vítima contou à polícia que pagou a quantia de R$ 1.500, mas o animal não foi entregue.

O boletim de ocorrência por estelionato foi registrado na delegacia sede do município quando a vítima percebeu que havia caído em um golpe. O comprador contou à polícia que passou a conversar com o suposto vendedor após ver um anúncio na OLX, site de compras e vendas. Após a negociação, ele depositou o dinheiro na conta informada pelo vendedor e ficou à espera do animal.

O problema, de acordo com a polícia, é que o cão não foi entregue. A vítima estranhou e entrou novamente em contato com o anunciante. O estelionatário ainda chegou a dizer que devolveria o dinheiro, mas fez um depósito na conta da vítima com o envelope vazio.

O caso está sendo investigado e quem tiver informações que possam ajudar na investigação deve entrar em contato pelo 190 ou por meio do Disque Denúncia 181. Não é preciso se identificar.

Em nota, o site OLX informou que não teve acesso a detalhes do caso para investigar ou tomar as devidas providências, e que a empresa disponibiliza espaço para que usuários possam anunciar e comprar produtos e serviços de forma rápida e simples.

A plataforma possui Termos e Condições de Uso que, quando violados, levam à remoção da plataforma. Contamos com denúncia dos usuários para identificar as contas dos anúncios irregulares. Em relação à animais, a empresa informa que também é um lugar para adoção e todos os anúncios devem estar de acordo com as regras definidas pelo IBAMA.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: A Tribuna

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.