Polícia suspeita que lanternas chinesas proibidas provocaram incêndio em zoológico da Alemanha

Na última terça-feira (31), um incêndio em um zoológico da Alemanha deixou dezenas de animais mortos e feridos.

De acordo com as autoridades alemãs, o principal foco de fogo atingiu a casa dos macacos, matando 30 animais. Suspeita-se que o incêndio tenha sido provocado por aparatos pirotécnicos proibidos.

Entre os animais mortos, estão chimpanzés, orangotangos, gorilas, morcegos e pássaros do zoológico de Krefeld, localizado próximo à fronteira com a Holanda.

A instituição disse que a causa não era conhecida, descrevendo o incêndio como uma “tragédia incompreensível”.

Investigações preliminares da polícia apontam que o incêndio teria sido provocado por lanternas chinesas, que estão proibidas na região desde 2009.

Três desses artefatos, com algumas mensagens escritas, foram encontrados nos escombros da jaula dos macacos. Segundo o jornal Correio do Povo, os policiais investigam “um incêndio criminoso por negligência”.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Correio do Povo

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários