Homem pede para policial tocar música, se cão encontrado reagir, é o seu husky que estava perdido

Os huskies siberianos são conhecidos por serem cães bastante ‘vocais’. E quando dizemos vocais, não fazemos referência aos seus latidos, mas aos seus famosos ‘uivos’, semelhantes aos dos lobos.

Quando eles uivam em conjunto, o som emitido e a maneira como acontece lembra muito um diálogo entre seres humanos.

Criados originalmente para puxar trenós e viver em bandos, os huskies precisaram se adaptar vocalmente para dar conta do recado.

É o caso do cãozinho abaixo, que graças à sua habilidade comunicativa, conseguiu ser reencontrado por sua família após ter se perdido.

Um grupo de adolescentes encontrou um husky, que estava bastante fraco e desnutrido, em um campo nos arredores de Beersheba, Israel.

Eles trouxeram o cachorro para a polícia israelense que prestou os primeiros socorros. Depois disso, os jovens perceberam que esse cachorro combinava com a descrição de um Husky que estava desaparecido na mesma cidade.

O grupo entrou em contato com os possíveis donos do cachorro, que disseram à polícia que sabiam a maneira perfeita de confirmar se aquele era o seu filhote desaparecido.

Os proprietários disseram à polícia para tocar a música-tema do programa de TV favorito do cão, “Shemesh”. Se ele começasse a cantar junto, era sem dúvida o animal de estimação deles.

Quando os policiais começam a tocar a música, o cachorro se animou imediatamente e começou a uivar. O proprietário e a polícia souberam naquela hora que esse era o Husky desaparecido!

Seu dono então correu para a delegacia para se reunir com seu melhor amigo peludo!

Confira o vídeo:

Fonte: I Love My Dog So Much

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários