Com ajuda de 2 cães farejadores, ativista salva cão preso em riacho congelado de parque

No ano passado, um cachorro que frequentava o parque de cães Ellicott Creek Dog Park, em Nova York (EUA) desapareceu misteriosamente.

Decidido a encontrá-lo, o ativista norte-americano Don Chatten, 49, levou seus dois cães farejadores até o parque para investigar.

Quase que subitamente, assim que chegou lá a dupla começou a farejar o terreno, indo parar em um riacho congelado. Nesse momento, Don ouviu um latido bem fraco.

Descendo até o riacho, ele caminhou vagarosamente na calota de gelo e encontrou um cachorro dentro uma vala, tremendo de frio.

Foto: Reprodução / Facebook: Samantha Kelly
Foto: Reprodução / Facebook: Samantha Kelly

Envolvendo o cão em seus braços, o ativista o levou de volta à superfície às pressas, pois ele estava em choque e com hipotermia, após dias exposto à uma temperatura abaixo de zero.

Foto: Reprodução / Facebook: Samantha Kelly
Foto: Reprodução / Facebook: Samantha Kelly

Don chamou o serviço de emergência. Naquela tarde,e descobriu-se que o cãozinho se chama Jackson. Ele foi levado às pressas para um hospital veterinário, onde recebeu atendimento, sendo liberado alguns dias. Seu dono o levou de volta para casa.

A equipe médica do hospital veterinário e a mídia norte-americana exaltou o ato de coragem de Don, afirmando que o cão teria morrido naquele mesmo dia se não tivesse sido resgatado.

Foto: Reprodução / Facebook: Samantha Kelly
Foto: Reprodução / Facebook: Samantha Kelly

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários