Chihuahua obeso tem transformação radical após mudar alimentação e fica irreconhecível

Não foi fácil, não foi rápido, mas a mudança trouxe qualidade de vida para o ex-cão obeso.

Foto: Caters News
Foto: Caters News

Esse chihuahua, o Cleatus, tinha o mau hábito, assim como muitos humanos, de comer além da conta e ainda por cima 'boicotar' os passeios, se tornando assim, um cão obeso. A situação chegou ao nível de Cleatus não conseguir mais nem andar, tendo que ser carregado em um carrinho.

Foto: Caters News
Foto: Caters News

Os seus donos, Austin Lee e Laura Norton, preocupados, procuraram um veterinário, para que ele pudesse melhorar a sua saúde. Os donos relembram, que o acúmulo de peso aconteceu a partir dos 12 anos de idade, que até então o cão possuía um peso considerado normal.

Além do sedentarismo, o pequeno e gordo cão tinha o hábito de fuçar a lixeira e comer o que tivesse lá. Após levarem Cleatus ao veterinário, os donos descobriram que ele tinha tireoide hipoativa, o que contribuiu para o processo de obesidade, devido ao metabolismo mais lento.

A partir disso, uma mudança radical aguardava Cleatus. Com medicamentos específicos, o cão começou a seguir um plano alimentar muito rigoroso, em que através do controle das porções, o cão tinha cinco minutos para comer quatro refeições por dia. Graças à disciplina dos pais quanto à alimentação do cão, Cleatus teve uma perda de peso chocante, o que o levou a uma verdadeira transformação, ficando irreconhecível. Veja:

Foto: Caters News
Foto: Caters News

Chocante né?

“Uma vez que sua tireóide foi regulada, sua vida mudou para melhor e agora ele é um cão completamente diferente - ele é ativo e ama a vida novamente", disseram os donos.

A disciplina é capaz de mudar vidas e felizmente, para melhor! Parabéns aos pais, mas também ao Cleatus que se portou muito bem para que essa transformação fosse possível!

Veja o vídeo do Cleatus:

Compartilhe esse post com seus amigos!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários