Abandonados em abrigo, pit bulls se mantém ainda mais unidos para confortar um ao outro

Tudo começou com o abandono. Os dois nunca deixaram de apoiar um ao outro!
 The Dodo Pittie Nation
The Dodo Pittie Nation

Esses dois pit bulls foram deixados em um abrigo, muito abatidos e tímidos, em São Diego, na Califórnia (Estados Unidos). Tendo uma única certeza: um ao outro. O motivo do medo e retração deles é desconhecido, imagina-se que não tenham tido experiências felizes de amor. Um deles, Louie, o menor, simplesmente ancorava-se na maior, Bridget como única forma de se sentir seguro. Ao conhecer o caso deles, uma mulher sentiu-se tocada em fazer algo, e como lar temporário, os acolheu em sua casa.

The Adventures Of Bridget and Louie
The Adventures Of Bridget and Louie

Com muito amor, eles puderam vivenciar o conforto e a alegria que só um lar de verdade poderia proporcionar. Mesmo havendo duas camas, eles faziam questão de dormirem juntos. Que amor!

The Adventures Of Bridget and Louie
The Adventures Of Bridget and Louie

Mesmo livres de todo e qualquer sofrimento, os cães ainda se sentiam inibidos. Isso até conviverem com os outros cachorros da família, momento que, como a tutora conta, eles finalmente entenderam que tudo que precisavam fazer era se divertir.

The Adventures Of Bridget and Louie
The Adventures Of Bridget and Louie

Já adaptados, a única coisa que não mudou entre eles, foi o "grude": totalmente inseparáveis.

The Adventures Of Bridget and Louie
The Adventures Of Bridget and Louie

Apesar de todo o amor que estavam recebendo, uma mulher chamada Mônica, apresentou interesse em adotá-los e dar um lar definitivo para Bridget e Louie.

The Adventures Of Bridget and Louie
The Adventures Of Bridget and Louie

Embora a mãe temporária tenha sentido muito pela falta deles, ficou feliz por eles terem encontrado um lar para sempre!

Compartilhe esse post com seus amigos!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários