Justiça determina que Carrefour não extermine gatos na Barra da Tijuca

Antes do caso da morte do cão Manchinha em uma unidade do Carrefour em Osasco, SP, a ONG Oito Vidas, do Rio de Janeiro, denunciou o Carrefour da Barra da Tijuca por seus funcionários serem, supostamente, os responsáveis pela morte de 15 gatos e dois gambás por envenenamento com chumbinho em setembro deste ano.

Após a denúncia, a 7ª Vara Cível da Barra determinou que a rede não faça “atos que possam ocasionar o extermínio de gatos eventualmente existentes no interior do supermercado". Os gatos mortos eram saudáveis, perambulavam pelo estacionamento do supermercado, eram amados e cuidados pelos moradores da região, sendo assim, considerados gatos comunitários conforme a Lei Municipal 4.956/2008. Estima-se que na mesma região há cerca de 50 gatos comunitários.Um representante do Carrefour da Barra fez uma reunião com uma representante da ONG, segundo ela:

" — A reunião foi bastante positiva. Senti verdade na comunicação que ele teve com a gente e vi que eles querem reparar um erro que não foi só deles, mas também do abandono. Ele vai voltar na semana que vem e vai visitar alguns abrigos de animais junto com a gente, além dos trabalhos que fazemos".

Mais um caso ABSURDO de maus-tratos os animais. Isso nos revolta e esperamos que a justiça prevaleça e os responsáveis sejam duramente punidos.

Fonte: O Globo.

Comentários