Mulher se joga em córrego para resgatar nove cães filhotes que estavam se afogando

A comerciante Ana Matavelli não pensou duas vezes antes de entrar na água para resgatá-los

Por
em Cães

Nove filhotes de cachorro foram resgatados de um córrego, localizado às margens de uma avenida de Itanhaém, São Paulo. A ação foi registrada em vídeo.

O resgate dos caninos aconteceu no dia 8 de dezembro pela comerciante Ana Matavelli, de 49 anos, que entrou na água para salvá-los.

Ana passeava com a esposa Walkíria Godoy, de 63 anos, quando ouviram pequenos choros vindo da região de mata.

Logo, as duas mulheres foram olhar quem estava fazendo os barulhos.

No local encontraram três cãezinhos na margem e outros dentro da água quase se afogando.

"Quando olhamos, tinha mais cachorrinhos jogados dentro do rio", disse Ana em entrevista ao portal G1.

Sem pensar duas vezes, a comerciante entrou no córrego de roupa para salvar os caninos.

O último animal a ser resgatado era uma fêmea que teve uma parada cardiorrespiratória, mas foi socorrida pelo casal e passa bem.

"Entrei [no córrego] sem pensar nem meia vez, imagina. Não tinha outra coisa a ser feita. Você vê uma vida se esvaindo, pedindo socorro, você não vai avaliar. Era para ser feito o que foi feito no momento", diz Ana sobre o salvamento.

Veja o vídeo do momento do resgate:

A redação do Amo meu Pet apurou em entrevista exclusiva com Ana que até este sábado (18) dois cachorrinhos machos estão disponíveis para adoção. Assim, quem tiver interesse pode entrar em contato com ela através do telefone (13) 98137-2876.

Na entrevista, a comerciante agradece a todos que estão ajudando e compartilhando a ação.

“Gratidão a todas as pessoas. Nós fizemos aquilo que acredito que qualquer um de nós tenha feito e caso a gente se desaparece novamente com essa situação, obviamente faríamos de novo”, destacou ela.
“Nós não podemos ficar com mais eles porque nós já temos em casa quatro animaizinhos, sendo três de porte grande, um de porte pequeno. Um deles tem convulsões, ele toma remédio controlado todos os dias e se estressa com os filhotinhos porque mudam a rotina dele", finalizou Ana.

Veja também:

O caso do caramelo que seduziu pedestre, salsicha adota gato e mais | Jornalzinho Amo Meu Pet

Uma jornalista quase formada de 21 anos, completamente apaixonada por futebol e animais. É daquelas pessoas que não podem ver um cachorro ou gato na rua que já quer fazer carinho... Do tipo curiosa, gosta de contar boas histórias e aquecer o coração de seus leitores. Um pouco indecisa para os títulos das matérias, confesso, mas dedicada ao ponto de procurar sempre escolher as melhores palavras. Prazer, sou Letícia Michele Schneider, atualmente moradora de Passo Fundo (RS), tenho o sonho de deixar o mundo um pouquinho melhor e quem sabe um dia estar à beira do gramado entrevistando os jogadores da dupla Grenal.