Tutora leva cachorro a um bar e pet decide sentar em mesa de desconhecida

Por
em Cães

No dia 19 de dezembro, Steph Masterman, residente de Newcastle upon Tyne na Inglaterra, decidiu ir a um pub e levar seu cão como companhia. Acontece que o cachorro não tinha o mesmo objetivo que ela. A história foi compartilhada em um grupo do Facebook.

O cão estava limpo e cheiroso após um banho e ele estava com uma gravata borboleta na cor verde. Qualquer pessoa no pub gostaria daquela ‘cãopanhia’, e felizmente teve um sortuda, que no caso, não foi Steph, a tutora. Mas sim uma anônima.

Ao chegarem no bar o cachorro decidiu fazer companhia a outra mulher que estava sozinha em uma mesa, sentando em um banco de frente para ela.

Segundo Steph, a outra cliente do pub conversou com o cão por horas. “Ele não pegou o número dela”, brincou a tutora na legenda.

Mas por que ele escolheu fazer companhia a uma desconhecida e não a dona?

De acordo com o especialista em psicologia canina Clive Wyne, os sentimentos dos cães são compostos pela hipersociabilidade, uma variação genética em decorrência da domesticação, essa variação se deve à mutação do gene que em humanos é responsável pela Síndrome de Williams.

“O essencial para os cães, assim como para as pessoas com síndrome de Williams, é o desejo de estabelecer conexões estreitas, ter relacionamentos pessoais intensos, amar e ser amado”.

A publicação obteve 24 mil reações, 875 compartilhamentos e 1,3 mil comentários.

“Isso é tão fofo! Eu adoraria ter sido escolhido como seu par! Ela também deve ser uma apaixonada por cães. Que mimo!”, comentou Rose, membro do grupo.
“Isso é tão bonito. Não merecemos cães. Ele sabia que ela precisava dele. Que doce”, acrescentou uma internauta.
“Se eu fosse aquela senhora, me sentiria verdadeiramente abençoada”, afirmou uma terceira.

Que gesto bonito, fazer companhia para uma mulher que estava solitária! A tutora fez um ótimo trabalho educando o cão.

Veja também:

Animais que resolveram aprontar no Natal

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.

Últimas notícias