Cadela que foi pintada de cor roxa se recupera e está à procura de novo lar

O ativista Felipe Becari resgatou Susy em abril de 2021 e desde lá ela passou por tratamentos para melhorar sua saúde

Por
em Cães

A cachorrinha Susy passou oito meses por uma longa trajetória e agora está à procura de um novo lar. A canina foi encontrada com a pelagem toda roxa e tomada de sarna.

Susy foi resgatada pelo ativista Felipe Becari em abril. Na época, ela estava presa em um poste de luz em um dia chuvoso, perto do Palácio da Polícia Civil, na cidade de São Paulo.

A tinta spray roxa que havia em todo seu corpo não era tóxica, no entanto, sua saúde estava bastante debilitada.

De acordo com o ativista, seu antigo dono explicou que a coloração de seu pêlo aconteceu após dois pet shops negarem atendimento.

O homem foi instruído a passar um spray nas sarnas, mas ele não sabia que era necessário passar apenas nas feridas, então, passou por todo seu corpo. Assim, a cor permaneceu por 2 anos.

Depois de oito meses, no dia 04 de janeiro, Felipe Becari voltou a compartilhar em seu perfil no Facebook notícias de Susy, desta vez já recuperada.

“Oito meses depois, para adoção! Quem se lembra da Susy, tomada pela sarna e que quase sofreu uma intoxicação fatal após ter sido toda coberta por esse spray roxo?”, começou escrevendo o ativista na legenda da publicação.
“Pelo exemplo dela, queria que vocês refletissem o quanto difícil e custoso é manter o cuidado com os animais que resgatamos: são oito meses que ela come uma alimentação natural especialmente elaborada para ela (R$350/mês) além dos exames de rotina e também do lar temporário (R$300/mês)”, acrescentou ele.

No vídeo publicado, Susy aparece bem e com a pelagem branca.

“Hoje, ela retornou para fazer o acompanhamento, refez o ultrassom. Está tudo bem, graças a Deus as alterações que tinha no fígado diminuíram muito. Ela tem um probleminha cardíaco, um sopro importante, está sendo medicada e faz todo o tratamento”, disse a médica veterinária que a atendeu.
“Pelo menos a cada 60 dias, ela precisa retornar a clínica, refazer todos os exames e controlar a dieta, pois ela faz uma dieta específica, uma alimentação natural com um zootecnista. Hoje, ela já passou pela consulta e está bem melhor”, destaca a profissional.

Ao final da legenda, Felipe orienta que quem tiver interesse em adotar Susy pode enviar um direct para o @eulutopelosanimais ou @adocoesdobecari, que sua equipe realizará então uma entrevista.

O vídeo foi curtido por mais de 8,5 mil pessoas, além de ter 348 comentários e 871 compartilhamentos.

“Eu lembro do resgate dela, tadinha sofreu muito e agora vai ter uma vida melhor. Se fosse mais perto gostaria de ficar com ela para dar o amor e carinho que ela merece" destacou Silvana.
“Graças a Deus ela sobreviveu. Parabéns Becari e à toda sua equipe. Deus abençoe todos vocês”, agradeceu uma internauta.

Veja também:

Retrospectiva 2021 - Histórias de pets que marcaram 2021

Uma jornalista quase formada de 21 anos, completamente apaixonada por futebol e animais. É daquelas pessoas que não podem ver um cachorro ou gato na rua que já quer fazer carinho... Do tipo curiosa, gosta de contar boas histórias e aquecer o coração de seus leitores. Um pouco indecisa para os títulos das matérias, confesso, mas dedicada ao ponto de procurar sempre escolher as melhores palavras. Prazer, sou Letícia Michele Schneider, atualmente moradora de Passo Fundo (RS), tenho o sonho de deixar o mundo um pouquinho melhor e quem sabe um dia estar à beira do gramado entrevistando os jogadores da dupla Grenal.