Cadela que passou a vida inteira em abrigos encontra aconchego junto de bichinhos de pelúcia

Bella tem dificuldades em se socializar com os demais cães, então vê nos bichos de pelúcia uma companhia

Por
em Cães

Bella é uma cachorrinha de pelagem branca que está a cerca de dois anos no RSPCA Ashley Heath Animal Center, um abrigo no Reino Unido. Ela passou praticamente toda sua vida em abrigos já que tem dificuldades em se socializar com outros cães, motivo que também a levou a ser abandonada.

Com muito trabalho, dedicação e paciência, funcionários do abrigo conseguiram aproximar a cachorrinha de outros cães e agora ela tem amizade com alguns caninos do local. No entanto, ela ainda prefere companhia humana.

“Bella está realmente preocupada com outros cães e carece de habilidades [de socialização] que ela perdeu em seus primeiros meses de formação”, disse Hannah Hawkins, consultora de comportamento e bem-estar do Ashley Heath Animal Center, em um comunicado à imprensa.
“Acreditamos que o gerenciamento incorreto piorou isso, e ela ficou incrivelmente frustrada quando começamos a trabalhar com ela, mas, felizmente, depois de meses e meses de trabalho intenso, começamos a vê-la fazendo melhorias”, acrescentou.

Como Bella está em um abrigo não consegue receber toda a atenção que gostaria, o que a deixa triste. Mas, felizmente, os funcionários do local descobriram uma forma de ajudá-la enquanto está sozinha no canil: bichinhos de pelúcia.

“Embora tentemos passar o máximo de tempo possível com ela, simplesmente não podemos estar com ela o tempo todo, e ela busca consolo em seus bichinhos de pelúcia, especialmente o Ursinho Pooh, com quem ela se aconchega todas as noites.” declarou Hawkins.

Com dezenas de bichinhos de pelúcia, a cachorrinha adora brincar e se aconchegar no meio deles, o que a faz se sentir amada e protegida.

Bella ainda espera encontrar um novo lar e ter uma nova família. Apesar de já ter progredido muito em sua socialização, os funcionários explicam que o ideal é ela encontrar uma família que não possua outros animais em casa.

Assista também:

A história da pit bull voadora, do cão ladrão de churrasco e mais no Jornalzinho Amo Meu Pet:

Uma jornalista quase formada de 21 anos, completamente apaixonada por futebol e animais. É daquelas pessoas que não podem ver um cachorro ou gato na rua que já quer fazer carinho... Do tipo curiosa, gosta de contar boas histórias e aquecer o coração de seus leitores. Um pouco indecisa para os títulos das matérias, confesso, mas dedicada ao ponto de procurar sempre escolher as melhores palavras. Prazer, sou Letícia Michele Schneider, atualmente moradora de Passo Fundo (RS), tenho o sonho de deixar o mundo um pouquinho melhor e quem sabe um dia estar à beira do gramado entrevistando os jogadores da dupla Grenal.