Logomarca Amo meu PET

Cadela é resgatada após fugir de fogos de artifício e ficar 20 dias perdida em montanhas de gelo

Graças a um drone, descobriram que a cadela estava presa entre 100 e 200 metros de altura na montanha.

Por
em Proteção Animal

No dia 4 de fevereiro, uma moradora da Islândia, engajada com a causa animal, compartilhou no Facebook um ocorrido que merece ser contado e celebrado.

Um grande grupo de pessoas conseguiu resgatar uma cadela border collie de 10 anos que ficou perdida em montanhas de gelo após fugir de barulhos de fogos de artifício ao sair para fazer xixi. 

De acordo com a jovem, no dia 6 de janeiro a tutora da cadela postou em um grupo de Facebook um pedido de socorro, pois Píla, sua cachorra, saiu à noite e não retornou mais.

Guofinna, a responsável pela publicação, contou que ela e o grupo de pessoas que ajudam a resgatar animais estavam muito longe do local de onde o animal desapareceu e, por isso, montaram uma estratégia para que moradores da região e próximos de Píla pudessem solucionar o caso do desaparecimento. 

 

A procura pela border collie durou cerca de 20 dias. A área era perigosa, devido a deslizamentos de gelo nas montanhas íngremes e só foi possível ter uma pista sólida de Píla quando um homem utilizando um caiaque ouviu um latido de cachorro e tirou uma foto do que se parece mais com um ponto preto no meio de tanto gelo.

A imagem viralizou no grupo de Facebook do resgate e um morador sobrevoou o local com um drone, na esperança de avisar o animal.

Foi então, graças ao drone, que descobriram que a cadela estava presa entre 100 e 200 metros de altura na montanha Stigahlíð, próximo à cidade, e os rastros indicavam que ela estava andando de um lado para o outro sem encontrar jeito de sair do local. 

Por ser um montanha perigosa, uma equipe especializada neste tipo de resgate foi acionada, obtendo o apoio de um helicóptero. A ação durou cerca de 5 horas, deixando todos os envolvidos nervosos e ansiosos. 

Pelo longo período de tempo que a fêmea ficou sem acesso a comida e água, veterinários tiveram que intervir na saúde e introduzir alimentação aos poucos, mas apesar da idade a cadela está se recuperando bem.

A moral da história e também o grande incentivo é a união, que todas as pessoas tiveram para que essa cadela pudesse voltar para casa e para sua tutora em segurança. 

Por isso, ao ver um pedido em rede social sobre o desaparecimento de algum animal, faça o que estiver ao seu alcance para que o final de possíveis próximas histórias também tenham um final feliz. 

Confira vídeos do resgate:

Assista também o nosso Jornalzinho Amo Meu Pet:

O caso do cachorro que faz yoga e mais notícias de bichinhos

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.