Logomarca Amo meu PET

Mãe gata recebe ajuda de cadela caramelo para cuidar de 7 filhotes frajolinhas

Por
em Aqueça o coração

Em abril deste ano, Kim, uma voluntária do abrigo de animais Salty Animal Rescue, da cidade de Hamilton, em Ontário, no Canadá, encontrou uma felina grávida andando pelos arredores da ONG em busca de comida. Então, resolveu resgatá-la.

A mamãe gata estava arisca e assustada na companhia de humanos, então Karly e Katelyn Saltarski fundadoras do abrigo, entraram em ação para tentar acalmá-la. Então depois de alguns minutos a felina conseguiu descansar e dormir em um local confortável e seguro. 

“Estamos tão felizes que esta será sua última ninhada e que nem ela nem seus bebês irão aumentar a superpopulação em nossa comunidade”, disse Karly Saltarski ao site Love Meow.

A fêmea foi batizada de Banksy e entrou em trabalho de parto alguns dias depois e trouxe 7 gatinhos frajolas saudáveis ​​para o mundo.

"Ela escolheu a única vez que eu não estava em casa para ter todos os sete dentro de uma hora e meia. Apesar de uma caixa de parto perfeitamente limpa e aconchegante, ela decidiu tê-los na caixa de areia”, acrescentou a protetora.

Os filhotes receberam os respectivos nomes: Warhol, Frida, Pablo, Mona, Monet, Bob Ross e Dali. Claro que para cuidar de todos, a mamãe recebeu muita ajuda e o melhor de tudo é que os bebês também ganharam uma babá canina caramelo. 

Com três semanas os filhotes foram apresentados a Nood, uma babá caramelo que tem um ótimo currículo e é extremamente cuidadosa e carinhosa.

"Ela é nossa babá de gatinhos residente oficial e leva seu trabalho muito a sério. Ela aconchegou mais gatinhos de resgate do que podemos contar e garante que cada um receba todo o amor”, explicou Karly. 

Nood entra em cena sempre que Banksy precisa descansar e os filhotes não se incomodam em se aconchegar na babá, além disso aprendem muitos truques e logo estarão disponíveis para adoção.

A mamãe nunca mais irá passar por situações difíceis na rua e os bebês não irão saber a dificuldade que é sobreviver à própria sorte. 

Veja também:

CÃO BRAVO GANHA PLACA INUSITADA e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.