Gato salva vida de tutora ao acordá-la durante ataque cardíaco de madrugada

Por
em Notícias

Billy é o nome de um herói. Esse herói não possui capa e, sim, quatro patas. Ele vive na cidade de Nottingham, na Inglaterra. E salvou a vida da sua tutora, Sam Felstead, 42. Ela passou mal durante a noite e o felino bateu em seu peito para acordá-la. A ação foi fundamental para ela perceber seu estado de saúde e procurar atendimento médico a tempo.

A mulher estava tendo um ataque cardíaco. Era por volta das 4h30 quando foi acordada pelo seu gato de sete anos. Ao tentar se levantar, percebeu que não conseguia mover o corpo e tinha uma dor aguda no lado direito do peito. Reuniu forças e conseguiu chamar a sua mãe, Karen Felstead, para pedir ajuda.

Às pressas, ela foi levada para o hospital. Lá os médicos disseram que ela teve um ataque cardíaco enquanto dormia. Por isso, Sam acredita que o felino salvou sua vida.

Ao saber do diagnóstico, ela ficou chocada, pois no dia anterior, estava disposta e realizou uma longa caminhada com seus cães. Sem sentir nenhuma dor, foi para cama e deitou.

“De repente, acordei de madrugada coberta de suor e não conseguia me mexer. Billy estava no meu peito e miava alto no meu ouvido", contou.

Segundo informações do Daily Mail, a mulher afirmou que Billy nunca agiu dessa maneira. Ao contrário, ele tem o hábito de dormir, "ele dorme o dia todo e a noite toda, essa é a vida dele. Ele não me deixaria", disse.

“Ele nunca me acordou na noite anterior, ele nunca me incomoda. Ele não me acorda para comer".

Karen ficou apavorada ao ser acordada daquela maneira. E ainda mais chocada ao saber que a vida de Sam foi salva, por conta da atitude de Billy. "Você não ouve sobre isso com gatos", contou.

"Estou feliz que ele me acordou. Quem sabe se eu tivesse acordado sem ele, poderia ter sido pior para mim".

Após ser chamada, Karen logo ligou para o socorro. A ambulância chegou duas horas depois. Os médicos descobriram que uma das artérias da Sam estava bloqueada, o que causou o ataque cardíaco. Sam ficou internada por três dias. E quando voltou para casa, o gato foi indiferente a sua presença.

E mesmo com a indiferença, a mulher não deixou de lhe oferecer amor. Pois quem sabe o que seria dela, se não fosse por Billy. "Ele é o mesmo agora, eu apenas tento dar a ele um pouco mais de amor", disse.

"Sou grata a ele, pois não sabia se teria acordado - meu despertador não tocou por mais de duas horas, então quem sabe se eu teria acordado".

A especialista em comportamento de gatos, Lucy Hoile, disse que Billy pode ter percebido as mudanças fisiológicas em sua dona. "Pode ser que o fato de ele pular em cima dela e estar miando seja um sinal de sua ansiedade", disse a especialista.

“Eu acredito que ele provavelmente salvou a vida dela, porque foi isso que permitiu que ela conseguisse ajuda médica, mas eu não diria que ele fez isso de propósito".

Billy é um verdadeiro herói! Ele merece ser muito amado por sua família e, claro, ganhar muitos petiscos.

Assista também:

O cachorro que VIROU BABÁ de gatinhos e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet