Amizade inusitada: Cão brinca alegremente com golfinho e vídeo encantador ganha a internet

Por
em Mundo Animal

O jornalista Ibon Perez que reside em Lequeitio, na Espanha, compartilhou no seu perfil do Twitter no dia 17 de agosto, um momento singelo. Um cão ao avistar um golfinho pula na água para se juntar a ele. A alegria dos dois brincando contagiou a todos que assistiam ao espetáculo.

Segundo Ibon o fato aconteceu na vila Ribeira do Freixo, em Galiza, na Espanha. O local é muito procurado por turistas, já que fica localizado no litoral do país. Ao que tudo indica, o vídeo não foi gravado por ele. Pois é possível ouvir a voz de uma mulher na gravação. Contudo, o jornalista utilizou a filmagem a fim de dividir o instante fofura. E também de mostrar como os animais sabem compartilhar bons momentos.

"Um golfinho e um cachorro compartilham um bom momento de alegria brincando... Mais uma lição de Amor da Mãe Natureza", escreveu na descrição do post.

Na cena, há um grupo de turistas apreciando o nado do golfinho. A maioria dos visitantes que ali estão são crianças que se divertem observando os movimentos do animal marinho. O cão está acompanhando as crianças. Mas ele perde o interesse nos pequeninos e também começa a assistir à beleza do golfinho.

Por um momento o focinho do golfinho toca o focinho do cão. E é aí que o cachorro fica interessado a entrar na água. Ele caminha alguns metros em terra firme, acompanhando o nado do animal até que pula.

Ao pular, nenhum deles demontrou medo. Ao contrário. Ficaram longos minutos brincando juntos na água, até que o cão decidiu sair. Um adulto que acredito ser o responsável da turminha filmou o momento e vibrou com a interação das duas espécies.

Apesar da fofura da cena não é indicado o ser humano interagir com os golfinhos selvagens. Segundo o Dolphin Plus, um santuário de golfinhos localizado na Flórida, Estados Unidos, o certo é não alimentar ou perseguir os golfinhos. Nunca tocá-los ou acariciá-los, mesmo que eles cheguem perto o suficiente para isso.

Tente ficar o mais quieto possível quando estiver perto deles. E se vê-los na natureza, o melhor é observá-los a 50 metros ou mais de distância. Essas medidas previnem a 'interrupção dos padrões comportamentais'. Mantendo-os em segurança, sem perturbar seu comportamento ou hábitos alimentares.

A publicação viralizou e recebeu mais de 517 mil visualizações, 14 mil reações e centenas de comentários achando uma graça a sintonia dos dois.

Confira o vídeo:

Assista também:

O cachorro que VIROU BABÁ de gatinhos e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet