Logomarca Amo meu PET

Pit bull triste é encontrada abandonada - então mulher vê que ela não está sozinha

Por
em Cães

Com anos de experiência resgatando animais através do abrigo “Stray Rescue of St Louis”, de Missouri, nos EUA, Donna Lochmann recebeu uma ligação sobre uma família de pitbulls que precisava ser resgatada.

Conforme esclareceu o homem que lhe ligou haviam pelo menos três filhotes de pitbull, além da mãe, escondidos em um quintal coberto de mato juntamente com alguns móveis velhos.

Donna sabia que a mãe estaria disposta a proteger seus filhotes assim que chegasse no local, então traçou uma estratégia.

Ao chegar ao local informado, a protetora logo avistou alguns filhotes, porém sabia que não poderia resgatá-los primeiro, mesmo sendo mais fáceis de pegar.

“Pensei: vou tentar pegar a mamãe primeiro, porque se ela estiver latindo para mim, não sei qual será a reação dela quando eu começar a pegar seus filhotes”, disse Donna em entrevista ao The Dodo.

A mulher sabia que a canina estava com fome, assim abriu uma lata de salsichas vienense a fim de atraí-la diretamente para o carro.

Felizmente, a ideia deu certo e, em poucos minutos, Donutfest, como foi nomeada a pitbull, estava dentro do veículo sem grandes problemas.

“Uma vez que Donutfest estava segura, comecei a trabalhar para encontrar os filhotes”, frisa ela.

O primeiro cãozinho estava encolhido sozinho ao longo de uma cerca. 

Inicialmente, o animal deixou Donna pegá-lo no colo, porém não gostou muito e começou a chorar como se estivesse sendo mal-tratado.

“Não acredito que ninguém na vizinhança saiu para ver o que estava acontecendo”, observou.

A protetora então levou o canino até sua mãe no carro e foi procurar os demais irmãos.

Familiarizados com o ambiente e com medo de seres humanos, os filhotes fizeram de tudo para fugir dela.

Dois deles correram em direção ao mato mais alto dificultando ainda mais sua captura.

Invés de persegui-los, Donna pensou em utilizar novamente a comida.

E mais uma vez, esta foi a solução dos problemas, pois o cheiro fez com que os filhotes viessem correndo até ela por livre e espontânea vontade.

Com a mãe e os três filhotes já presos dentro do carro, restava um único canino para se juntar a família, o qual estava deitado no sofá.

Ao se aproximar, o pequeno filhote saiu correndo, todavia, Donna conseguiu captura-lo antes que ele ficasse fora de alcance.

“Demorei um pouco para pegar os últimos três filhotes. Mas assim que coloquei todos eles no carro, fiquei muito feliz”, enfatiza.

Adoção

Após chegarem ao abrigo, os filhotes passaram por exames veterinários e como estavam bem saudáveis, logo puderam ser colocados para adoção.

A instituição publicou uma foto em sua página no Facebook com os quatro filhotes lado a lado. 

Para a alegria dos funcionários e voluntários, todos receberam diversos pedidos de adoção. 

“Acho que a maioria deles já está empenhada em encontrar seus lares definitivos, mas a mamãe ainda está conosco”, lembra Donna.

Agora, a mãe protetora, abriu espaço para a Donutfest despreocupada e sorridente que só quer ser amada novamente.

“Ela é apenas uma garota feliz, sorridente e animada agora que ama seus cuidadores e faz caminhadas”, destaca Donna.
“Adoraríamos que ela estivesse em um lar e finalmente fosse adotada”, finaliza.

Assista também este vídeo:

Pépe Bonner noticia o caso das crianças que brincaram de tourada com cão de rua E MAIS notícias fofas no Jornalzinho Amo Meu Pet