Abrigo é acionado para salvar cachorra em casa abandonada e se surpreende com o que encontra lá

Por
em Cães

Há cerca de uma semana, um abrigo de animais localizado em St. Louis, Missouri, Estados Unidos, recebeu uma ligação informando haver uma cachorra morando em uma casa abandonada.

Donna Lochmann, diretora da ONG, assim que foi informada do caso junto de uma equipe, se encaminhou até o endereço.

A ocorrência era de que havia somente uma cadela, mas chegando lá descobriram que a peludinha não estava só e, sim, acompanhada de três cachorrinhos, seus filhotes.

A descoberta se deu porque, ao chegarem na casa, começaram a vasculhá-la em busca do animal, foi então que chegaram no porão imundo e cheio de lixo, local onde estavam os pequeninos. Já a cachorra latia em outro cômodo da casa.

De coração apertado, ao vê-los naquela situação, Donna recolheu os filhotes e foi ao encontro da mãezinha para resgatá-la também. Mas como a cadela estava assustada, não se deixou pegar, então a diretora e os voluntários montaram uma armadilha e, mesmo assim, não conseguiram pegá-la, tiveram que deixá-la para trás e voltarem no dia seguinte.

"Nós nunca queremos deixar a mamãe para trás, então voltei mais algumas vezes esperando que ela ainda estivesse na área", disse Donna Lochmann ao The Dodo.

No outro dia, quando voltaram na residência, segunda surpresa: haviam mais quatro cachorrinhos. O que os deixou espantados, pois no dia do resgate, eles haviam averiguado toda a residência e não havia vestígios que levassem a esses filhotes.

"Eu não podia acreditar", disse Lochmann. “Procuramos em todos os lugares no dia em que estivemos lá pelos filhotes originais e não vimos mais nenhum lugar.”

Intrigados, vasculharam a casa novamente em busca de onde eles poderiam ter se abrigado - e para ter certeza de que não havia mais filhotes - e descobriram que eles estavam refugiados embaixo de uma tábua solta do assoalho no segundo andar.

“Ao todo, havia um total de oito filhotes, incluindo os três que encontramos no primeiro dia”, disse Lochmann.

Bom, além de resgatarem mais cinco filhotes, também conseguiram capturar a mãe, pois foi pega na armadilhada, colocada no dia anterior.

“Naquele dia, tiramos oito filhotes e sua mãe das ruas”, disse Lochmann.

Agora, Windy Day, nome dado a cachorrinha, e os filhotes estão protegidos. Nunca mais precisarão catar lixo para sobreviverem. Os três primeiros filhotes foram para um abrigo, e os cinco restantes encontraram lares adotivos logo após serem resgatados. Já Windy Day está esperando encontrar uma família para adotá-la e amá-la.

“Espero que alguém a leve logo”, disse Lochmann. "Ela é super doce".

Confira o resgate:

Um final feliz! Espero que Windy e os três filhotes que não foram adotados encontrem o seu lar logo.

Assista também este vídeo:

REVELADO O QUE ESSE PAPAGAIO TANTO ESCONDIA NESSE TRONCO!