Gato com quatro orelhas e um olho é encontrado na Austrália

O gatinho Frankie é, antes de mais nada, um sobrevivente. Nascido nas ruas de Geelong, na Austrália, viveu por anos nos subúrbios, se alimentando de restos de comida encontrados no lixo.

Eventualmente, ele foi encontrado por uma jovem em um latão de lixo, onde também estava sua irmã.

Frankie nasceu com quatro orelhas. Quando o bichano foi encontrado, estava com uma terrível infecção no olho direito, que precisou ser removido.

Após o procedimento cirúrgico e acompanhamento para ganhar peso, ele foi entregue à Associação de Bem-Estar Animal de Geelong (GAWS, na sigla em inglês).

Após dois meses no abrigo da GAWS, Georgi Anderson, moradora da cidade, resolveu adotar o exótico gatinho. Demonstrando bom humor, logo batizou o bichano de Frankenkitten, uma mistura de Frankenstein e gatinho, mas só o chama de Frankie.

O par de orelhas traseiras de Frankenkitten são perfeitamente funcionais e abrigam todos os órgãos necessários para a audição. Já as duas dianteiras são um tecido extra, sem tímpano nem terminações nervosas, fruto de malformação congênita.

O par excedente de orelhas não representa nenhum perigo à saúde de Frankie. Ao ser informada disso pelos veterinários, Georgi decidiu manter esse recurso exclusivo do gato.

O gatinho tem ainda outra peculiaridade: seu maxilar. Maior que o normal, ele gerou preocupação sobre como isso afetaria sua capacidade de se alimentar e o desenvolvimento de seus dentes. O tempo mostrou que ele come sem problemas, mas os caninos inferiores precisaram ser extraídos.

Uma raridade genética, Frankenkitten é um gatinho normal, explorando seu mundo, fazendo travessuras e convivendo feliz com os humanos e demais animais da casa.

Fonte: JCNE

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários