Este é Wiley, o dálmata com um coraçãozinho no nariz e muito amor pra dar

Wiley nasceu com uma mancha em formato de coração perfeitamente desenhada em volta de seu nariz. Atualmente com um ano e meio de idade, o dálmata ganhou bastante fama na internet, onde conta com mais de 160 mil seguidores em seu perfil do Instagram, por exemplo.

Lexi Smith, de 26 anos, mãe e ‘gerente’ do perfil do filhote na plataforma, descreve Wiley como “24 quilos de patetice, desajeito, atrevimento, sempre faminto, carinhoso, curioso, selvagem, louco, bobo, feliz e cheio de amor”, e tão adorável quanto é nas fotos, contou ela ao portal Bored Panda.

“Nenhuma quantidade de fotos poderia capturar tudo o que ele é e tudo o que ele significa para mim, ele é meu melhor amigo.”

O caminho de Wiley se cruzou com o de Smith, que mora no Colorado, desde Oklahoma no dia de São Patrício do ano passado e, enquanto suas marcas únicas o fazem sobressair, ela diz que não foi por isso que o escolheu.

“Ele veio de uma ninhada de 11, e 8 deles eram meninos, então eu tive uma escolha difícil ao escolhê-lo. O coraçãozinho estava lá, mas não totalmente formado ao ponto de que eu acreditar que se iria manter, já que as manchas dos dálmatas mudam enquanto crescem. Eu o escolhi porque o criador me disse que tudo o que ele fazia era dormir, se aconchegar e comer, então já tínhamos muito em comum.

Bem, o cachorrinho sonolento que ela conheceu cresceu e com ele a sua verdade personalidade floresceu: “Wiley tem mais personalidade em seu pequeno corpo, do que qualquer outro cachorro que eu já conheci”, disse Smith.

Felizmente para Wiley, o par vive em uma área onde o filhote pode liberar um pouco dessa energia.

Smith disse que a caminhada é uma de suas atividades favoritas: “Temos muita sorte de morar no Colorado e ter os maiores e mais bonitos lugares para brincar e explorar. Ele adora caminhar ou ir a um dos muitos parques de cachorros enormes existentes aqui.”

“Ele também gosta de passeios de carro e se senta onde possa olhar pela janela da frente como um verdadeiro co-piloto. Mas quando ele fica com sono, ele ama, AMAAA se aconchegar.

Quando Wiley não está se aconchegando e dormindo, Smith diz ele também pode ser bastante teimoso (um traço comum entre os dálmatas).

Fonte: >Bored Panda

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários