Carteiro resgata cão idoso que estava congelando de frio na rua

Era apenas mais uma manhã de inverno, bastante fria como de costume para o carteiro Nate Ohlman. Ele fazia seu trajeto de sempre, entregando correspondências para a vizinhança no estado do Missouri (EUA), quando se deparou com um cão idoso que se recolhia ao máximo para tentar se aquecer no acostamento da avenida.

A temperatura raramente ultrapassa os 10°C no Missouri durante o inverno e podemos imaginar o quanto aquele cãozinho estava sofrendo naquele momento.

Sensibilizado pela situação, Nate decidiu tirá-lo dali e levá-lo a um lugar quente e seguro.

O carteiro tentou fazer barulho para chamar atenção dele, e logo percebeu que o cachorro era praticamente surdo. “Fiz diversos ruídos para chamar a sua atenção, mas ele não ouviu.

Então me aproximei e fiz um gesto para ele vir até mim. Então entramos no meu caminhão de correspondência.”

“Ele estava absolutamente cansado, com frio e com fome,” relata Nate.

No caminhão, Nate batizou o cachorro de Sloan. Notou que ele estava bastante magro e afadigado.

Alimentou-o bem, e então se dirigiu ao hospital veterinário mais próximo, para saber se Sloan estava doente e se precisava de alguma medicação.

Nate deixou o cachorro por lá, onde seria submetido a alguns exames e retornou ao caminhão, pois tinha um dia inteiro de trabalho pela frente. “Voltei a trabalhar, mas não conseguia tirá-lo da minha cabeça. Pensava a todo tempo se ele ficaria bem, se estavam cuidando bem dele,” conta.

“Passei o dia refletindo sobre como alguém pode fazer algo tão terrível com uma criatura indefesa. Ainda mais um cão idoso. Parte meu coração saber que existem pessoas tão covardes, que abandonam seus próprios animais,” desabafou.

Ao final do dia, Nate foi informado que o hospital veterinário encaminharia Sloan para um abrigo de cães. Apesar de não ter sido encontrada qualquer doença, ele estava muito magro e necessitava de uma dieta alimentar correta para recuperar o peso.

Uma vez no abrigo, os voluntários ficaram de coração partido com a situação do cãozinho. “Ele estava severamente abaixo do peso, tinha feridas em todo o corpo e mal conseguia ficar de pé ou andar sozinho por um longo período de tempo”, disse Tori Fugate, diretora de comunicações da ONG KC Pet Project. “Ele tinha a menor condição de pontuação corporal possível que nossos veterinários poderiam dar.”

Nas semanas seguintes, Sloan foi tratado com medicamentos e injeções, além de comer com regularidade. Seu peso retornou aos poucos ao estado padrão (para a sua idade) e os remédios curaram as feridas espalhadas pelo corpo, bem como recuperou seus pelos e saúde dos músculos.

Sloan foi adotado provisoriamente por uma família do Missouri cerca de um mês após chegar ao abrigo, e continuou seu processo de recuperação em casa.

Estimou-se que o cachorro tem cerca de 12 anos de idade, com expectativa de vida de 13-16. Sem dúvidas, ainda há muito para se viver!

A ONG KC Pet Project, responsável pelo abrigo, convidou o carteiro Nate para adotar Sloan em definitivo, ao que ele não pensou duas vezes em aceitar.

Nate ficou extremamente feliz ao descobrir que era oficialmente capaz de adotar Sloan, e o encontro dos dois após dois meses de recuperação foi realmente incrível!

Sloan imediatamente reconheceu o homem que salvou sua vida e agradeceu-lhe com lambidas e carinhos intermináveis.

O carteiro o levou para sua casa, onde ele será amado e terá uma fase final de vida confortável e, sobretudo, respeitosa.

“Sloan é um cão idoso que, acredito eu, pertencia a uma família”, disse. “Seu comportamento e ações são a prova disso. Alguém fez algo muito desumano. Quero ser o mais humano possível para ele.”

Fonte: The Dodo

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários