Cão de serviço visita Disney com sua dona e faz ensaio de fotos super fofo

Henry foi adotado por Jessica Paulsen no início de 2017 e se tornou seu cão de serviço, profissão canina muito comum nos Estados Unidos.

Os cães de serviço são treinados para ajudar uma pessoa com deficiência, como deficiência visual, deficiência auditiva, transtorno mental, convulsões, problemas de mobilidade e diabetes.

Jessica tem uma doença chamada síndrome da taquicardia ortostática postural (POTS). Como seu cão de serviço, Henry ajuda sua mãe em atividades de terapia de pressão profunda, onde ele usa seu peso para aumentar a pressão sanguínea da jovem, reduzindo os episódios de desmaios e náuseas provocados diariamente pela doença.

Ele também é capaz de ligar para o serviço de emergência e socorrer sua dona caso ela desmaie ou se machuque gravemente. Mais: Henry ajuda a arrumar a casa e é um faz-tudo super proativo de Jessica.

O cãozinho ajudou a tornar a vida de sua mãe muito mais fácil, e a dupla tem sido melhores amigos desde o dia em que se conheceram. Eles vão em todos os lugares juntos, inclusive os turísticos – como uma viagem que fizeram ao Disney World recentemente.

Eles conheceram o Kevin, de “Up – Altas Aventuras”.

Tiraram aquela fotografia clássica com o castelo ao fundo…

E até posaram para uma foto com a caixa luminosa do filme “Enrolados”.

Henry também teve um ensaio fotográfico pra chamar de seu.

Enquanto os dois adoram desbravar o Disney World juntos, eles também gostam de usar suas viagens como momentos de conscientização à outras pessoas que não conhecem a importância dos cães de serviço.

“Eu tento abrir a mente das pessoas com relação à importância dos cachorros para indivíduos como eu, que necessitam de um suporte constante,” disse Jessica.

Henry percorreu um longo caminho desde sua primeira viagem à Disney World, e sua mãe está infinitamente orgulhosa dele e de todo o progresso que ele fez com seu treinamento.

“Quando nós viemos pela Disney pela primeira vez há um ano, Henry estava muito empolgado para conhecer os personagens; foi fofo, mas não foi um bom presságio para seu treinamento”, disse Paulsen. “Ele ainda não é perfeito, mas ver o quão longe ele chegou, o quanto ele amadureceu, me deixa muito orgulhosa.”

No final de um longo dia na Disney, a parte preferida de Henry e Jessica são o show de fogos de artifício. Ela se diz “uma garota de sorte” por ter Henry.

“O show no Magic Kingdom é provavelmente o que eu mais espero, porque eu fico sentada lá com meu amiguinho deitado no meu colo e realmente aprecio toda a segurança e amor que ele me deu”, disse Paulsen.

Fonte: The Dodo

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários