Homem que coloriu cão de azul é detido por polícia e terá de explicar a situação diante de um juiz

Um cidadão da República Dominicana, no Caribe, foi flagrado cobrindo um cachorro por inteiro com tinta azul, causando revolta nas redes sociais.

De acordo com o jornal argentino Crónica, as imagens foram compartilhadas pelo próprio rapaz, que queria mostrar o quanto a experiência tinha sido "divertida".

O vídeo viralizou e acabou se virando contra ele. Milhares de internautas e ativistas dos direitos animais se uniram para identificar o autor do procedimento, denunciando-o formalmente às autoridades dominicanas.

Identificado como Juan Diego Féliz, o homem trabalha na região como ferreiro e pintor. Féliz acabou detido pela polícia e teve que explicar a situação diante de um juiz.

Durante a audiência, ele se desculpou e alegou que "queria remover a sarna" do cachorro. O "remédio caseiro" havia sido recomendado por um conhecido.

No entanto, cobrir um animal com tinta pode causar envenenamento. Dessa vez, o filhote da imagem foi tratado a tempo e está fora de perigo.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Ric Mais

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários