Enfermeiros de hospital de Brasília gravam vídeo de despedida entre criança e amiga canina - veja

em Notícias

Com a permissão do Hospital Santa Helena, na Asa Norte de Brasília, Ricardo, de 9 anos, pôde se despedir de sua cachorrinha, que iria embora para os Estados Unidos.

O garoto é “padrinho” de Minnie, que pertence à tia. A cadelinha da raça Shih-tzu é muito próxima dele, numa amizade que nasceu quando ela ainda era um filhote.

Ricardo está internado na UTI do Hospital Santa Helena devido a uma crise de asma. Como a tia se mudou para os Estados Unidos na última terça-feira (30), não haveria tempo para eles se despedirem.

Cientes disso, os pais do garoto pediram à ouvidoria da instituição que permitissem a entrada de Minnie no quarto do filho, para que estes pudessem se ver uma última vez. A gerência autorizou o encontro, que aconteceu horas antes do embarque.

“A equipe do Hospital se sensibilizou e hoje [29] no final da tarde, após ele receber alta da UTI, eles permitiram a despedida do Ricardo com a Minnie”, contou Christiane Gnone, mãe de Ricardo.

A família ficou muito agradecida pela compreensão do hospital.

“Muito emocionante, a equipe do hospital foi nota mil, permitindo esse encontro. Caso contrário ele sairia do hospital e não teria mais dado tempo de vê-la”, disse Christiane.

Com o auxílio de uma cadeira de rodas, a equipe médica levou Ricardo até a área externa do hospital. Com ele, um equipamento de soro e máscara de proteção.

Nesse momento, a mãe chega com uma ‘bolsa’ improvisada. Abre o zíper, e lá está Minnie, para sua surpresa, que sobe em seu colo.

O momento do encontro foi registrado em vídeo pelos enfermeiros da instituição, que ficaram sensibilizados pelo amor e carinho dos dois.

Eufórica, Minnie não sabia se abanava o rabo, brincava ou lambia Ricardo…

Confira o vídeo abaixo da despedida dos dois:

Fonte: SNB

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.