Bondade: ativista sírio se dedica e se arrisca para salvar pets abandonados em zona de guerra

Algumas pessoas são capazes de fazer tudo pelos animais, até mesmo em zonas de guerra.

O ativista sírio Mohammad Alaa Aljaleel viajou para Kafr Nabl, uma cidade na Síria que é considerada zona de guerra ativa, para salvar animais em situação de vulnerabilidade.

Aljaleel deixou seu lar com apenas um objetivo em mente: resgatar quantos cães e gatos de rua quando possíveis da cidade.

A maioria dos gatos foram deixados para trás por famílias que conseguiram fugir antes do início do bombardeio.

Uma mulher chamada Alessandra Abidin, que mora na cidade, comentou que não é fácil levar um animal de estimação quando você precisa sair com todos os seus pertences.

O ativista sírio é conhecido em sua comunidade como "o Messias dos Gatos", por conta de seu trabalho voluntário.

"É um trabalho complicado, quase ingrato às vezes. Mas sem dúvidas, também é recompensador".

Até agora foram resgatados 83 gatos em situação de rua, que serão encaminhados para um abrigo de animais em Aleppo.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Notas de Mascotas

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários

Mais em Notícias