Cachorrinho que vivia na rua ganha 'mansão' com varanda e jardim em SP

Resgatado das ruas e adotado por uma família criativa e amorosa, Dominique ganhou não somente uma segunda chance de viver com qualidade de vida, mas uma mansão projetada sob medida para ele em Louveira (SP).

A mansão canina viralizou nas redes sociais. Domi foi adotado pelo auxiliar administrativo Fábio de Paulo Baptista, que garantiu até câmera de segurança, varanda, jardim e janelas para a nova moradia do pet.

A casinha especial também é habitada pela irmã de Dominique, Floquinha, resgatada das ruas como ele. O auxiliar administrativo afirma que o cãozinho apareceu pela primeira vez na casa de sua noiva e logo surgiu a ideia de adotá-lo.

"Ele estava muito machucado, maltratado. Levamos no veterinário, uma vizinha ajudou a pagar as vacinas", relembra.

Sabendo que a noiva já tinha 3 cães em casa, a solução foi levar Domi para a chácara de seus pais, na mesma cidade. Meses depois veio Floquinha, adotada por Fábio no ano passado.

Com a ajuda do pai de Fábio, que tem conhecimento em alvenaria, a casa foi expandida. Fábio construiu um novo lar para abrigar os dois cães, com direito a acabamento, pintura e decoração.

Domi atualmente tem 5 aninhos de idade e passa boa parte do tempo no conforto de sua "mansão".

Segundo seu tutor, as câmeras de segurança instaladas na casa ainda não funcionam, mas deverão ser ligadas em breve para acompanhar o cão e sua irmãzinha.

"Trabalho à noite, então queria ver o que eles estão fazendo", explica.

Daqui alguns meses, a família vai instalar também uma porta de correr na entrada da casa, com a intenção de facilitar o processo de limpeza do interior, além de construir uma minipiscina em formato de osso para os cães. Que chique!

"Amamos os animais, consideramos como nossos filhos", diz Fábio.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Minha Campinas

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários