Australianos lançam aviões cheios de comida para animais famintos sobreviventes de incêndio

Os australianos estão encontrando maneiras inovadoras de ajudar os animais afetados pelos incêndios florestais que devastaram seu país nos últimos dois meses.

O governo estadual de Nova Gales do Sul vem utilizando aviões para distribuir toneladas de legumes, como cenoura e batata-doce, para os animais famintos.

A ação foi batizada como ‘Operação Rock Wallaby’ e é liderada pelo Serviço de Vida Selvagem e Parques Nacionais de Nova Gales do Sul. O principal objetivo da operação é alimentar os marsupiais do estado, já que esses animais foram bastante afetados pelos incêndios florestais.

Até agora, as aeronaves lançaram mais de 2,2 toneladas de legumes frescos do céu!

De acordo com Matt Kean, ministro do Meio Ambiente de Nova Gales do Sul, os animais que fugiram do fogo agora não têm mais nada para comer e precisam de ajuda.

“A situação dos coalas e dos cangurus é certamente terrível, mas continuo cautelosamente otimista. Os incêndios destruíram muito de seu habitat, mas como sua principal fonte de alimento é aquela que germina através do fogo, acho que veremos a natureza se recuperar rapidamente. Essa é a minha esperança, de toda maneira. O objetivo é manter a população [de animais] existente alimentada e cuidada nesse meio-tempo”, disse.

Matt afirma que os moradores locais, que habitam as principais zonas afetadas pelo fogo, estão “trabalhando incansavelmente para ajudar os animais”.

“Alguns, inclusive minha mãe, estão comprando e doando alimentos para eles. Outros estão resgatando os animais em meio aos incêndios“, afirmou.

“Eu cresci na ilha Kangaroo e uma parcela muito grande está agora em cinzas. É desanimador ver o nível de destruição e ser impotente para detê-lo”, lamentou Matt sobre a provação que seu país e sua comunidade estão passando.

No entanto, ele permanece otimista: acredita na recuperação integral da fauna e flora australianas. “Daqui alguns anos, certamente.”

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Bored Panda

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários