Pit bull abandonado que invadiu caminhonete de casal é adotado: 'Surpresa de fim de ano'

Depois da aula de ioga, assim que o casal abriu a porta de sua caminhonete para colocar seus tapetes de ioga, um Pit Bull perdido apareceu do nada e pulou para dentro.

Foi realmente um evento muito peculiar. Ele parecia tão contente por estar dentro da caminhonete com o ar condicionado ligado. Então, o casal fez o que a maioria dos amantes de cães fariam, eles o levaram para casa.

Quando chegaram em casa, porém, ele se recusou a sair do veículo. Após quase duas horas e muitas opções de comida, eles finalmente conseguiram convencer o cachorro a sair.

Eles nomearam o Pit Bull de Buddy, que logo após chegar na casa, pulou em um dos sofás e adormeceu. O casal disse que ele dormiu “por séculos”, como se ele não dormisse bem há anos! Pobre garoto.

Eles estavam apaixonados por Buddy e secretamente desejavam que ele não pertencesse a ninguém. Mas eles fizeram a coisa certa e apresentaram um relatório. Depois de esperar, receberam a notícia de que nenhum dono estava procurando por ele, o que os deixou muito feliz.

Alguns dias depois, enquanto estavam se apaixonando mais e mais por Buddy, ele foi correr atrás de um animal selvagem e desapareceu. O casal ficou arrasado. Eles colocaram pôsteres e fizeram diversas ligações, indo em um abrigo atrás do outro procurando pelo cãozinho, mas foi sem sucesso.

Entretanto, eles nunca desistiram e boas notícias chegaram eventualmente. Um dos abrigos retornou a ligação, alegando que eles tinham Buddy. Dizer que eles estavam empolgados era pouco para descrever as turbulentas emoções de perda e reencontro. Eles foram pegar o cachorro de volta o mais rápido possível no abrigo.

Agora em casa, os pais de Buddy perceberam o quanto eles realmente amavam esse cachorro. E nunca irão deixá-lo fora de vista novamente!

Fonte: I Love My Dog So Much

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários