Empatia: Catarinense deficiente auditivo adota vira-lata largado em abrigo por ser surdo

Ao descobrir que seu cachorro de estimação era surdo, seus tutores decidiram devolvê-lo para o abrigo onde ele fora adotado. Por sorte, um estudante que também nasceu surdo adotou o pequeno em Florianópolis (SC).

O universitário catarinense João Gabriel é doutorando em Estudos da Tradução na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mora com outras três pessoas, sendo dois surdos, e o terceiro, filho de pais surdos.

A 'república' de estudantes já conta com uma cadela em casa, mas João queria adotar um cachorro com surdez.

Em meio à busca, um dos amigos do estudante encontrou Jögan em uma rede social, sendo oferecido para adoção pelo Dibea (Diretoria de Bem-Estar Animal de Florianópolis).

Ele entrou em contato com o Dibea e solicitou formalmente o pedido de adoção. Após três dias de avaliação, Jögan foi liberado e está com o rapaz.

“Estamos felizes com ele. E temos muita empatia nele, por causa da identidade surda. Ele está feliz, porque temos nossas estratégias de adaptação para casa. Para nós, surdos, com os nossos costumes. Como apagar e ligar luz toda vez pra chamar o Jögan como fazemos conosco”, contou João.

Felizmente, Jögan e Gabi, a outra cachorra de João, se deram muito bom. Os dois são considerados bastante mansos, dóceis e educados. Além disso, aprendem rápido. “Já sabe alguns sinais de Libras [Língua Brasileira de Sinais] e desde quinta aprendeu os sinais de passear, pedir pra sair, esperar”, revelou o estudante.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: >G1

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários