Cachorro treinado 'força' dona autista a abraçá-lo e se acalmar após crises de pânico

Sabemos que os cães são excelentes alunos para desempenharem funções específicas, serem guias, terapeutas, entre outras atividades.

Mas não há técnica no mundo, capaz de os ensinar a amar e cuidar, pois isso já pertence a eles naturalmente, instintivamente.

Hoje conheceremos uma história capaz de aquecer o coração de qualquer um. Provavelmente só quem convive com alguém ou mesmo possua o Transtorno do Espectro Autista (TEA), sabe a realidade das dificuldades encontradas com a condição.

Para quem nunca teve contato com o transtorno, talvez seja necessário muito estudo, técnica e experiência para poder entender sobre. Para o cachorro, precisa de muito menos.

Hayley Martin que o diga, a moradora de Sydney, na Austrália, convive com o TEA e os surtos da doença. Mas ela não está sozinha e conta com uma valiosa ajuda, do seu cão-guia, Marley.

Em vídeos que ganharam muita popularidade, é possível ver Hayley em momentos de crise em que tenta se ferir e Marley impede, dando abraços na dona.

O cachorro não desiste até que ela se acalme e o abrace, deixando dessa maneira, de se ferir. Uma imagem fala mais do que mil palavras, confira:

Vídeos:

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários