Mesmo com chuva, frio ou neve, cão leal espera por idosa todos os dias em parada

Amor bastaria, mas esse cachorro também é motivado pela gratidão por tudo que sua dona fez por ele

Essa história é daquelas que mexem com a gente, de forma muito positiva. Um cãozinho atropelado ficou gravemente ferido, mas uma bondosa senhora o acolheu e o nomeou como Bal Bal.

A prova da lealdade é demonstrada todos os dias por Bal Bal, ele caminha por vários km, fica em um ponto de ônibus por horas, esperando a sua dona retornar.

Não importa se está frio, chovendo, nevando ou calor, Bal Bal está lá, sozinho a esperar sua dona descer do transporte. Quando ele finalmente vê a “vovó” chegar, o cachorro fica em festa, rodopia, pula, cheira e segue andando novamente para casa, agora com sua dona.

A dona diz: “Ele parece me seguir para pagar por essa boa ação. Mesmo que ele seja um animal, ele simplesmente não pode falar, ele tem coração”. Acontece que se dependesse da “vovó”, ele ficaria em casa, pois ela fica preocupada que ele possa ser atropelado enquanto fica pela rua.

Mesmo que ela dê um jeito de trancá-lo, ele dá um jeito de fugir. Esse Bal Bal..

Espia o vídeo desse grande companheiro:

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários