Pastor alemão se desespera ao achar que irmão canino anestesiado havia morrido

em Notícias

Muito triste, Stent chora bastante sob o seu amigo, achando que ele havia morrido, mas na verdade só estava anestesiado

Uma cena para lá de emocionante. Quando dois ou mais cachorros convivem e possuem um apego muito grande ao outro, o momento da partida se torna extremamente árduo. Dois amiguinhos passaram por isso, mas felizmente não foi uma despedida de fato.

A gaúcha Fernanda Feistauer, da cidade de Chuvisca, juntamente do seu marido Eduardo, passaram por um susto no Natal.

Os seus pets Stent e Cusco resolveram ‘brincar’ com um porco-espinho, o que não deu muito certo e os cachorros ficaram feridos por conta dos espinhos, especialmente na boca e focinho. Imediatamente os donos levaram os animais ao veterinário e ficou tudo bem.

O pastor alemão Stent, voltou antes da anestesia e quando viu seu amigo Cusco ‘apagado’ ele se desesperou e ficou chorando muito sob o amigo. A cena foi gravada e compartilhada por Fernanda, que mostra como a união entre eles é grande.

E não é para menos, a dona relembra que tudo começou quando o Cusco apareceu em seu pátio com uma corda no pescoço, vítima de maus-tratos, estaria fugindo de um enforcamento, quando a família o acolheu.

Tempos depois, Stent chegou ainda filhote na casa, completando a família e também foi prontamente acolhido pelo irmão mais velho Cusco. Tá explicado tamanho sofrimento em pensar que seu irmão havia partido.. Felizmente era só a anestesia!

Confira o vídeo emocionante:

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com