Manter animais acorrentados pode ser proibido em Curitiba, multa poderá chegar a R$200 mil

O uso de correntes em cachorros pode ser considerado maus-tratos a animais em Curitiba. Um projeto de lei da vereadora Fabiane Rosa, tramita na Câmara Municipal. A proposta quer que o uso da corrente seja considerado tortura. A ideia também cita que dar apenas água e comida não é proporcionar o bem-estar animal.

A vereadora defende que as correntes são pesadas e causam desconforto e dor nos animais. Caso aprovado, a pessoa que manter o animal em corrente pode ser multada em R$200 a R$200 mil, perder o alvará e ter o animal apreendido.
Fonte: BandNews FM Curitiba

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Notícias