Indignação: Cão de Policial Militar é agredido a golpes de facão e gera revolta em SP

O cão da raça pastor alemão de um policial militar de Mirante do Paranapanema (SP) foi covardemente agredido a golpes de facão e gerou revolta entre os moradores do município.

A Polícia Civil investiga o caso. De acordo com testemunhas, o agressor é um vizinho de 54 anos do PM.

Foto: Polícia Civil / Reprodução
Foto: Polícia Civil / Reprodução

Na última quarta-feira (12), um Termo Circunstanciado foi instaurado para apurar o caso. No Boletim de Ocorrência foi registrado como ameaça e prática de ato de abuso a animal.

Consta no boletim que o policial militar cria em sua casa um pastor alemão de grande porte, considerado feroz, que fica preso dentro do quintal.

No documento, o agressor alega que o animal teria tentado avançar contra ele fora do quintal, apesar de ele nunca ter conseguido sair de lá.

O homem então se armou com um facão e desferiu vários golpes na cabeça do cão. Ele foi levado para receber tratamento em uma clínica veterinária da cidade.

Em meio ao atendimento, o agressor fez ofensas pessoais à vítima, utilizando palavras de baixo calão. Ele também xingou o cão e disse que realmente havia machucado o animal.

Testemunhas afirmam que ele estava visivelmente embriagado.

Como afirma o artigo 32 da lei federal 9.605, que baseou o registro da ocorrência, “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos tem pena de detenção de três meses a um ano e multa”.

Foto: Polícia Civil / Reprodução
Foto: Polícia Civil / Reprodução

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários