Buldogues esqueléticos e desnutridos são encontrados em parque após fugirem de rinha ilegal

Um caso revoltante de crueldade animal envolvendo três bulldogs ingleses chocou a população de Ottawa, no Canadá, no início do mês de fevereiro.

Os cães foram encontrados machucados e desnutridos em um parque da cidade. Eles estavam bastante agitados, como se tivessem acabado de fugir de algum lugar. Um dos bulldogs estava ainda mais esquelético e fraco do que os demais, e foi levado às pressas para o abrigo da Toledo Area Humane Society.

O trio foi batizado de Winston, Nick e Schmidt.

Winston estava pesando apenas 11 quilos, absolutamente esquelético e incapaz de ficar em pé. Uma cirurgia de emergência descobriu um enorme pedaço de tecido não-digestivo bloqueando seu cólon, que ele comeu para tentar saciar a fome.

Toledo Area Humane Society / Reprodução
Toledo Area Humane Society / Reprodução

Parte do intestino delgado do bulldog de seis anos precisou ser removido por estar muito irritado e necrosado.

As sucessivas tentativas de alimentá-lo resultaram em vômitos e diarreia. Infelizmente, Winston morreu de fome devido à recusa do seu corpo em receber qualquer tipo de alimento.

Seus irmãos, Nick e Schmidt, de 2 anos, conseguiram se recuperar e foram encaminhados para um abrigo. Além de subnutridos, eles estavam muito machucados, com severas marcas de mordida, o que sugere que participavam de alguma rinha ilegal.

Toledo Area Humane Society / Reprodução
Toledo Area Humane Society / Reprodução

A polícia de Ottawa e a Toledo Area Humane Society investigam o caso e procuram pelo paradeiro do criminoso que mantinham os cães presos em condições degradantes.

Toledo Area Humane Society / Reprodução
Toledo Area Humane Society / Reprodução

O abrigo de cães fez uma homenagem à Winston em suas redes sociais, exaltando a força de vontade e o desejo de viver do bulldog até o último dia de sua vida.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários