Segurança do Carrefour diz estar assustado com repercussão e arrependido

Homem confessou agressão à polícia e foi liberado. REVOLTANTE!

O assassino que não teve piedade do cachorrinho de rua que andava pelos arredores do Carrefour de Osasco, SP, confessou ter sido o agressor do pobre animalzinho, que era muito querido pelos funcionários do local e também por clientes. O segurança disse à polícia que usou uma barra de metal para machucar o cãozinho para tirá-lo dos arredores do supermercado a pedido de um cliente. Acompanhado de seu advogado, o segurança disse estar assustado com a grande repercussão do caso, que não pretendia matar o animal e que está arrependido.

O que mais nos revolta é o fato de que esse homem foi liberado após prestar depoimento, pode ter pena prevista de três meses a um ano de prisão, além de multa, que pode ser aumentada em até um terço por causa da morte do animal. Para todos nós que nos comovemos com o acontecido, com tamanha violência que esse cachorrinho sofreu, as penas ainda são extremamente pequenas se comparada com a agressividade que o Manchinha foi morto.

Devemos estar sempre presentes e de olho em casos como esses, para pressionar toda a sociedade em se unir para defender a proteção dos animais e aumentar as penas.

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Notícias