Artista plástico de Curitiba cria quadros personalizados de animais de estimação e obras são encantadoras; confira fotos

A arte foi a maneira encontrada por Raphael Pinheiro de manter viva a lembrança do seu cachorro falecido

Quem tem animais de estimação sabe o quanto eles são importantes, por isso, muitos donos gostariam de poder eternizá-los através de tatuagens, fotos ou quadros. Esta última, foi a maneira encontrada por Raphael Pinheiro, de 37 anos, que vive em Curitiba, de homenagear o seu cachorro Tiger, um bull terrier que havia falecido aos 13 anos de idade e eternizá-lo por meio da pintura artística.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Raphael com o quadro do seu cachorro falecido Tiger, que deu origem ao trabalho artístico.

Raphael, que trabalha como gerente empresarial, sempre teve a pintura como hobby e, com a partida do seu cão há dois anos, ele sentiu a necessidade de mantê-lo perto de uma maneira simbólica e especial. O primeiro quadro pintado em homenagem ao Tiger chamou muito a atenção de amigos e conhecidos, que passaram a incentivar Raphael com a pintura e, inclusive, a encomendar quadros com a imagem dos seus animais de estimação.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
O primeiro quadro pintado por Raphael, seu cachorro Tiger.

As pinturas realizadas com tinta a óleo através da foto do animal, resultam em imagens muito bem elaboradas, divertidas e realistas. A medida que os seus quadros foram sendo elogiados, eles se tornaram mais conhecidos e, com isso, Raphael passou a dedicar mais tempo para criá-los de forma profissional e vendê-los sob encomenda.

Os quadros, que possuem uma durabilidade muito longínqua por conta do material utilizado, ainda mantém viva a lembrança de um animal que, porventura, já tenha falecido, ou até mesmo para celebrar a vida e a presença do bichinho de estimação da casa.

“Acredito que o que mais me motivou a pintar é a parte dos animais, essa questão das pessoas quererem eternizar o seu animal, foi o que aconteceu comigo. Eu me sinto muito bem quando entro na minha casa e vejo o quadro dele e, embora ele não esteja mais aqui comigo, de alguma maneira estou sempre olhando para ele e isso me traz muita alegria”, diz.

Além de trabalhar com as encomendas personalizadas, Raphael apoia um projeto que recolhe tampas plásticas para ajudar animais abandonados em Curitiba, chamado Curitiba Ecopet. Raphael resolveu doar uma pintura como prêmio de uma rifa que está sendo organizada pelo Ecopet. O ganhador poderá escolher uma imagem do seu animal de estimação que será pintada por Raphael. Para mais informações sobre a rifa, acesse o Instagram do projeto: curitibaecopet.

Em seu Instagram, Raphael compartilha suas pinturas mais recentes e fica à disposição para encomendas de qualquer parte do Brasil. Para mais informações sobre o trabalho de Raphael entre em contato através do seu Instagram: @rpinheiroart, pelo email: contatorpinheiroart@gmail.com ou pelo telefone (41) 92000-7135.

Confira abaixo algumas obras:

1.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro

2.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro

3.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro

4.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro

5.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro

6.

Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro
Foto: Arquivo Pessoal/Raphael Pinheiro

Lindíssimo trabalho, não é? Parabéns pela habilidade que resulta nessas obras encantadoras, Raphael!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários