Incentivado pela dona, cão goldendoodle aprende a jogar boliche e arrasa nas pistas

em Notícias

Inicialmente, era para ser apenas uma descontração, mas parece que alguém criou grande afeição pelo jogo.

Muito espertos, há poucas coisas que os cães não são capazes de fazer. Jogar boliche, definitivamente não é uma delas.

O Goldendoodle chamado Blake, de oito meses, não só sabe jogar, como joga muito bem. Com a bola devidamente posicionada, Blake dá o empurrão certeiro e consegue atingir todos os pinos, marcando um belo strike.

Não teria como ser diferente, o cão tem o incentivo profissional da dona, Katelyn “Kt” Simpson, que faz parte do time de boliche da sua escola e em breve frequentará a Universidade Pikeville de Kentucky.

Katelyn chegou, inclusive, a participar da Seleção Nacional Júnior dos EUA em 2015. Dessa maneira, não é difícil repetir os passos da 'mãe', não é mesmo?

Apesar do talento, a dona explica como incentivou Blake a jogar boliche. “Acabamos de colocar a bola no topo da rampa e seguramos uma guloseima acima da bola. Ele entendeu e começou a fazer por conta própria”, explica.

Veja o vídeo desse talentosíssimo cão:

Parece que alguém aqui, além de aprender a gostar do jogo, se tornou um jogador nato, né?

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com