Mulher encontra gato no lugar de Menino Jesus em presépio, resolve fotografá-lo e ele tem a melhor expressão

Por
em Notícias
Durante uma caminhada em seu bairro, a mulher olha para a decoração natalina de um quintal e percebe o gatinho na decoração, mas a história só melhora quando ela resolve fotografá-lo.

Os animais são muito sagazes e estão sempre prontos para nos fazer rir, mesmo que despropositadamente. Um gatinho com uma carinha rabugenta foi flagrado pela fotógrafa Brooke Goldman em um lugar de muito prestígio: na manjedoura de um presépio.

Ocupando o lugar do Menino Jesus, o gatinho foi visto bem aconchegado na decoração natalina em um bairro de Nova York, informou o Animal Channel. A responsável pelo click, Brooke, não se conteve ao ver o gatinho folgado e caiu na gargalhada enquanto tirava a foto.

“Eu estava caminhando para minha casa depois de deixar meu namorado no trem. Eu me vi na 28th Avenue, olhando tediosamente para os quintais de todos (eu sempre presto atenção aos detalhes, quase irritantemente). Eu percebi primeiro o presépio e depois notei o 'garotinho' sentado na manjedoura. Isso me pegou de surpresa na melhor das maneiras, e parei para fotografá-lo. A melhor parte era seu mau-humor, ele ficou me olhando fixamente o tempo todo fotografando ele, e eu estava um pouco nervosa! Eu estava rindo muito alto o tempo todo, e apenas apreciando o momento inteiro”, escreveu Brooke na publicação.

A feição do gatinho é certamente a melhor parte dessa situação. O olhar de quem está profundamente incomodado pela perturbação humana é mais expressivo que mil palavras. Não demorou para que o post se tornasse viral e as pessoas se divertissem com a cena.

Confira outros gatos que também foram flagrados no lugar sagrado:

1.

2.

3.

Por que os gatos gostam de dormir em lugares incomuns?

Quem tem um gatinho em casa sabe que eles amam dormir em lugares inusitados e esse comportamento comum tem motivos e um deles é o instinto de se proteger para evitar que o seu cheiro fique marcado para predadores. Outro motivo se dá pela temperatura, eles tendem a procurar lugares que melhor adaptem o calor ou frio do ambiente às suas temperaturas.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com