Peixes como pets: você sabe sobre as incríveis habilidades desses animais?

Por
em Mundo Animal

Quando se pensa em animais de estimação, os nossos queridos pets, é comum logo imaginar cães e gatos. Mas algumas pessoas têm outros animais como companheiros em suas casas, tais como os peixes. Segundo estimativa do Instituto Pet Brasil, por mais incrível que pareça, dos 139,3 milhões de animais de estimação no Brasil, 19,1 milhões são peixes! Embora menos comuns, esses animais aquáticos têm ganhado seu espaço no mercado pet.

Quando comparados com cães, gatos e até mesmo com aves, os peixes muitas vezes são vistos como animais menos interativos, com menos capacidades, pouca memória e incapazes de aprender grandes coisas. Ao menos parte disso se deve ao fato desses animais serem bem diferentes de nós, humanos. Eles não se expressam de forma tão similar a nós, não gritam (ao menos de forma que possamos ouvir!) e, além disso, vivem num mundo completamente diferente do nosso: a água. Mas isso não é motivo para achar que eles são menos capacitados do que outros animais. A ciência tem demonstrado cada vez mais as capacidades e habilidades fantásticas dos peixes, algo que os tornam animais de estimação ainda mais interessantes.

Por exemplo, os peixes são capazes de ter uma boa memória, aprender tarefas complexas, usar alguns tipos de ferramentas, construir seus próprios ninhos, fazer suas próprias escolhas, reconhecer outros indivíduos de espécies diferentes ou da própria espécie e, inclusive, sentir dor e sofrer... Por isso é fundamental que esses animaizinhos sejam muito bem cuidados! A qualidade e a temperatura da água, bem como oferecer uma boa ração, são elementos fundamentais, mas não é só isso que importa para o bem-estar dos peixes. Enriquecer o ambiente com substrato, rochas, plantas e outras estruturas adequadas, que forneçam algum refúgio ou propiciem algum tipo de interação positiva para as espécies pode trazer grandes benefícios para a saúde mental desses animais. Evitar perturbações externas próximas ao aquário também pode ser importante.

Um aquário bem cuidado pode ser um refúgio relaxante para o tutor em sua casa e também um ambiente que assegure saúde física e mental para os peixes que ali vivem. Para isso, basta conseguir informações de fontes confiáveis e cuidar com carinho do seu companheiro aquático, que provavelmente pode fazer mais coisas do que você é capaz de imaginar!

Confira abaixo algumas curiosidades sobre esse animal:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Carol é bióloga, mestre e doutora em Zoologia e faz especialização em Jornalismo Científico pelo Labjor da Unicamp. É gestora-diretora no Instituto GilsonVolpato de Educação Científica - IGVEC. Em 2016 fundou a Iniciativa Consciência Animal, que oferece assessoria e consultoria científica, além de cursos, na área de comportamento e bem-estar animal e criou o blog ConsCIÊNCIA Animal para divulgar essa área para as pessoas em geral. Tem publicado diversos materiais jornalísticos em veículos como ComCiência, Ciência & Cultura e Ciência na Rua. Ama animais e o meio ambiente, gosta de pintar e adora assistir um bom filme ou série.