Gata surda se comunica com seus donos através da língua de sinais e encantada milhares de internautas

Por
em Gatos

A gatinha Kafka é surda e reside com os seu tutores James Dickenson, 28, e sua noiva, Jo em Newbury, Berkshire, Inglaterra e tem encantado milhares de internautas ao saber se comunicar na língua de sinais.

O amor é capaz de superar qualquer barreira! E foi o que aconteceu com o casal James e Jo e a felina Kafka. Que apesar da dificuldade de comunicação os donos com amor e paciência lhe ensinaram a língua de sinais.

A gatinha que nasceu com essa condição foi adotada no verão passado. O casal se mudou de um apartamento para uma casa e decidiram adotar um peludinho para alegrar ainda mais a nova residência.

Apaixonados pela gatinha mesclada, assumiram o desafio de adotar o animalzinho surdo. E com certeza foi a melhor escolha!

A pequena aos poucos tem aprendido e obedecido os gestos que são lhe ensinados. E claro que a aprendizagem se torna mais empolgante com a motivação de receber petiscos. Fofinha!

"Sua compreensão da linguagem de sinais cresceu aos trancos e barrancos desde que ela nasceu e ela já conhece os sinais para comida e é capaz de vir correndo quando você liga para ela", disse James a Caters.

Confira:

O vídeo licenciado pela Clipes de Caters, obteve mais de 34 mil visualizações e alguns comentários de internautas apaixonados com a inteligência do gatinho.

"É legal como o gato é motivado pela comida para entender o que o movimento da mão significa", elogoi um.

Ter um gatinho surdo, não impede que seu tutor tenha uma comunicação efetiva e eficaz com o felino, assim como James desenvolveu com a gatinha Kafka.

Segundo o VCA, os gatinhos surdos dependem muito da sua visão e tato, por isso a importância de desenvolver esses dois sentidos com o peludinho.

O felino surdo desenvolve muito a percepção do ambiente pela vibração, assim também como os gestos o ajudam entender o que o tutor está lhe pedindo. E como o peludinho depende muito do que sente e vê, nunca o deixe ir sozinho para a rua.

Para ensinar o seu bichinho de estimação a língua de sinais exige tempo, energia e paciência, mas com certeza a recompensa será gratificante!

Veja também:

RETROSPECTIVA 2021 - Histórias de pets que marcaram o ano