Cãozinho covardemente abandonado não consegue parar de sorrir após ser adotado

Até alguns meses atrás, Snoop, um cãozinho da raça staffordshire bull terrier, vagava pelas ruas solitário e cabisbaixo.

Em um ato covarde, seu dono o abandonou numa rodovia da Grã-Bretanha.

O homem em questão foi flagrado por câmeras de segurança deixando o filhote à mercê do frio e do trânsito intenso da via, sem nem sequer pensar duas vezes antes de praticar o crime.

A gravação circulou pelas redes sociais em poucos dias, e mostra ainda o filhote correndo atrás do caro, numa tentativa desesperada de voltar para dentro e permanecer ao lado do dono.

Felizmente, após a grande repercussão do vídeo, Snoop finalmente pode voltar a sorrir: ele foi adotado. Seu novo pai, Laurence Squire, não poderia estar mais feliz em ser o sortudo a levar o cãozinho para casa.

“Certa noite eu estava assistindo ao noticiário quando a história de Snoop apareceu”, disse Laurence em um comunicado. “O que aconteceu foi chocante, e ficou claro pelas filmagens – do jeito que ele tentou voltar ao carro – que Snoop é um cão leal.”

E, realmente, o cãozinho é super leal ao dono - tanto que a equipe de voluntários que o resgataram daquela rodovia dizem que ele tem tendência a desenvolver a chamada “ansiedade de separação” – o medo de ser separado do dono.

Felizmente, o pai de Snoop trabalha em casa como freelancer, então eles poderão passar muito tempo juntos

Adotado desde o mês passado, o bull terrier já se adaptou à nova casa e a sua família. Sua vida não poderia estar mais perfeita!

A porta-voz da organização não-governamental RSPCA, Rachel Butler, disse que Snoop parecia estar extremamente à vontade com sua nova família em uma recente visita domiciliar que fez. “O amor e a atenção que ele está recebendo agora de Laurence é maravilhoso”, disse Rachel. “Snoop está vivendo como um rei.”

Snoop voltou a ser o cãozinho feliz que sempre costumou ser - ele cochila, late, brinca, pula e corre com muita energia.

“Eu achei que ele fosse o cachorro perfeito para mim e que eu poderia oferecer a ele a casa que ele sempre mereceu”, disse Laurence. “Assim que entrou na casa pela primeira vez, ele pulou no sofá e foi como se decidisse que aquele era o espaço para dele! Ele adora se deitar nas costas do sofá.”

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários