Veterinário revela o que os cães 'procuram' nos seus momentos finais

É difícil imaginar e conceber uma situação em que nossos animais de estimação estejam em sofrimento, vulneráveis, temerosos ou sozinhos, afinal, os amamos incondicionalmente e queremos vê-los sempre bem, saudáveis e sobretudo, felizes.

Queremos que nossos pets saibam que são amados e respeitados a todo tempo, e que nós, como tutores deles, faríamos tudo o que estivesse ao nosso alcance para protegê-los e fazê-los se sentirem seguros.

Porém, de acordo com uma publicação recente que viralizou nas redes sociais, há um momento em particular que os seres humanos falham.

Uma mulher chamada Jessi Dietrich escreveu no Twitter:

“Perguntei ao meu veterinário qual era a parte mais difícil do seu trabalho, e ele disse que quando ele tem que abater um animal, 90% dos donos não querem estar na sala quando ele os injeta. Os últimos momentos do animal são passados geralmente à procura de seus donos.”

Como resposta, o Hospital Veterinário Hillcrest, especializada no tratamento e bem-estar dos animais, em KwaZulu-Natal, na África do Sul, compartilhou um sentimento semelhante na internet.

A publicação, assinada por um “veterinário de coração partido e cansado”, contém uma mensagem para os donos de animais de estimação que precisarem levar seus cãezinhos e gatinhos no veterinário “para um final sem dor.”

“Eu imploro que você não os deixem. Não os façam passar da vida para a morte num quarto cheio de estranhos, e num lugar que eles não gostam. A coisa que as pessoas precisam de saber, e que a maioria de vocês não sabe, é que eles procuram por vocês quando vocês o deixam ali!”

“Eles procuram em todos os rostos na sala pela sua pessoa amada. Eles não entendem por que você os deixou quando estão doentes, com medo, velhos ou morrendo de cancro, e eles precisam do vosso conforto.”

“Para muitos, a decisão de ficar ou partir é tomada no meio da sua própria angústia e tristeza, quando a ideia de ver o animal de estimação ser colocado a dormir para sempre é simplesmente demais.”

Em resposta ao post viral, milhares de veterinários, trabalhadores de abrigos e donos de animais testemunharam a triste realidade de como os animais de estimação procuram os seus entes queridos antes de “partirem”.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários