Logomarca Amo meu PET

Morador reencontra cachorrinha que dormiu em escombros após prédio desabar

Por
em Notícias

Na primeira quinta-feira do ano (6), um prédio de cinco pavimentos e quatro andares acabou desabando na cidade de Taguatinga no Distrito Federal.

O prédio foi evacuado e nenhum morador se feriu, mas alguns animais de estimação que residiam no local não puderam ser retirados a tempo.

Esse é o caso de Safira, de 7 anos, que residia com o tutor no prédio. Durante o desabamento não foi encontrada, foi somente após 24 horas que o tutor a encontrou dormindo nos escombros.

De acordo com Osmar Santos, de 65 anos, a cadela estava uivando desesperada tentando voltar para dentro de casa. O homem passou a noite em um hotel, preocupado com sua cachorra e voltou na manhã seguinte, quando a encontrou e pôde recuperar a calma.

Ao encontrá-la, o tutor a chamou e pegou no colo. “Vamos voltar com ela. Não posso levar para o hotel, mas ela também não pode ficar aqui né?!”, comenta.

Safira é acostumada a andar sozinha e voltar para casa, mas na última caminhada encontrou uma residência diferente daquela que conhecia. “Se para nós é estranho ver o prédio assim, imagina para ela. A coitadinha não está entendendo nada”, acrescentou.

Segundo os moradores, os 26 apartamentos estavam ocupados, autoridades afirmam que cerca de 100 pessoas residiam no prédio. A moradora Luana Magalhães de 28 anos não teve a mesma sorte que Osmar, ao deixar o apartamento não conseguiu tirar seus dez gatos a tempo.

“Deixei tudo. Salvei apenas o cachorro. Não consegui pegar os gatos, não deu tempo. Estou desesperada, sem chão e sem rumo. Acho que não tem chance. Eu morava no primeiro andar, que foi totalmente destruído, então perdi as esperanças. Só se eles se esconderam em algum local, mas não tenho expectativa disso”, explicou aos prantos.

De acordo com o jornal Metrópoles, o prédio não possuía alvará. Até domingo (9), nenhum morador estava autorizado a entrar, com riscos de novos desabamentos. Os prédios vizinhos também foram esvaziados. A Defesa Civil deve continuar monitorando o local.

Veja o vídeo:

Assista também:

A história da pit bull voadora, do cão ladrão de churrasco e mais no Jornalzinho Amo Meu Pet:

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.